A primeira experiência com o tal do suco detox

Criei coragem e tomei o famoso

Depois de muito relutar sobre o assunto, ler um pouco em outros sites e pesquisar receitas eis que hoje cedo enfrentei meu primeiro suco detox. Ou suco verde, como desejarem chamar.

Divulgação/ND

O meu nem ficou verde, ficou laranja, igual esse da foto

Tudo apostando na promessa dele ajudar a acelerar o metabolismo e, consequentemente, ajudar a queimar algumas calorias extras. O que a gente não faz para entrar no vestido de dama de honra do casamento das amigas, não é mesmo?

Mas o que assustava era a combinação: couve, cenoura, laranja, maçã, gengibre e água de coco. Sério, minha gente, pra mim, suco é de laranja, de morango. No máximo uma mistura de laranja com cenoura e olhe lá.

Vencido o preconceito, lá fui eu triturar isso aí tudo no liquidificador. Sim, torci o nariz e de cara fiquei bem chateada. Meu suco verde ficou laranja. (Nota mental, colocar menos cenoura amanhã). Torci o nariz, fiz cara feia… cheirei uma duzentas vezes, igualzinho criança mesmo.

Meia hora depois (mentira, nem foi tanto tempo assim) tomei o primeiro gole. E olha, vou dizer, nem é tão ruim assim. Na real é bem gostosinho. E, por incrível que pareça ele me deixou com aquela sensação de saciedade.

Amanhã tomarei novamente. E assim será a semana inteira. Prometo fazer novas combinações e conto aqui pra vocês.

Loading...