Abaixo de zero: cidades se preparam para o frio no Planalto Norte

O frio finalmente chegou nesta semana à região do Planalto Norte. Após dias ensolarados e com ondas de calor, a estação dos casacos, cobertores e do chocolate quente deu as caras com a queda nas temperaturas.

Cidades do Planalto Norte devem registrar temperaturas negativas nesse fim de semana. – FOTO: Lucas Sampaio/ND

De acordo com a Epagri/Ciram, a presença de uma intensa massa de ar frio é a responsável pela queda brusca nos termômetros. No fim de semana, a situação não deve ser diferente, já que as principais cidades do Planalto Norte devem registrar temperaturas abaixo de zero.

Em Canoinhas, entre sexta e domingo os termômetros devem registrar entre -1 °C e 0°C. Já a máxima não deve passar dos 13°C.

Leia também:

Para ajudar a população nesses dias de frio, a Secretaria Municipal de Assistência Social do município oferece um local para que pessoas em situação de rua possam passar a noite.

A Casa de Passagem Nova Canaã funciona desde 2001 em Canoinhas, e presta acolhimento emergencial e provisório para os cidadãos.

Segundo a secretaria, entre os meses de janeiro e abril desse ano, 79 pessoas foram acolhidas no local.

Para acessar o serviço em horário comercial, basta ir até o Creas, na rua Frei Menandro Kamps, no Centro, e solicitar a transferência.

Já fora deste horário, o interessado pode ir direto para o local, que fica na Rua Benjamin Constant, 1345, também no Centro.

Um detalhe importante é que a casa só recebe pessoas que não estejam sob o efeito de álcool ou substância entorpecente.

Rio Negrinho distribui agasalhos e cobertores para famílias carentes

Outra cidade que também vai registrar temperaturas abaixo de zero neste fim de semana é Rio Negrinho. De acordo com a Epagri, a mínima deve chegar a -2°C.

Segundo a prefeitura, durante todo o ano as equipes da secretaria de Assistência Social realizam o acompanhamento com famílias carentes e entregam roupas, agasalhos e cobertores. Tudo isso vem de campanhas, como a do agasalho. Ao todo, cerca de 150 famílias são beneficiadas com as ações.

Mais conteúdo sobre

Tempo