Abrasce recomenda que shoppings adiem cobrança de aluguel dos lojistas

Atualizado

Com o avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os shoppings da Grande Florianópolis fecharam as portas como forma de prevenção na última quarta-feira (18). A medida faz parte do decreto do governo do Estado, assinado na noite da última terça-feira (17).

Shoppings seguem de portas fechadas na Grande Florianópolis – Foto: Pixabay

De portas fechadas e sem vendas, empresários e lojistas se preocupam com a situação econômica dos locais. Em contato com a reportagem do nd+, a Abrasce (Associação Brasileira de Shoppings Centers), afirmou que recomendou aos shoppings que adiem a cobrança do aluguel do mês de março dos lojistas.

“O momento exige boas práticas de todos e a Abrasce orienta que cada empreendimento negocie diretamente com cada lojista”, afirmou a entidade através de assessoria.

A entidade ainda afirma estar acompanhando de perto a situação e dialogando com representantes dos setores público e privado, incluindo associações representativas de lojistas.

O objetivo é encontrar a justa medida entre a cooperação com o combate à expansão da pandemia e as providências a serem adotadas no âmbito dos compromissos decorrentes das locações em shopping centers, com especial atenção aos pequenos lojistas.

Leia também:

A reportagem do nd+ entrou em contato com os shoppings da Grande Florianópolis para entender como estão lidando com a situação da crise econômica e se os aluguéis dos lojistas serão suspensos durante a paralisação. Confira:

Beiramar Shopping – Florianópolis:

De acordo com o Gerente executivo do Beiramar Shopping, Walther Biselli, o local está seguindo as orientações da Abrasce, na qual várias alternativas estão sendo apontadas. “Cada shopping no Brasil tem a sua realidade e a situação carece de estudos mais detalhados”, pontua.

Conforme Biselli, estudos estão sendo feitos para “minorar de forma possível e adequada os impactos a toda esta cadeia [shopping, empresários, lojistas e funcionários]”.

“Em Santa Catarina, os shoppings são responsáveis por 180 mil empregos, diretos e indiretos. Os indiretos dependem exclusivamente do shopping, se o shopping não funciona, aquele prestador de serviço não funciona”, afirma o gerente.

Segundo o shopping, o local terá um posicionamento oficial sobre a situação até esta sexta-feira (27).

Shopping Iguatemi – Florianópolis

O Shopping Iguatemi não se pronunciou até o fechamento desta matéria.

* Em breve atualização com o posicionamento do shopping.

Floripa Shopping – Florianópolis

Em nota oficial o Floripa Shopping afirma que está estudando de maneira interna a melhor solução para o caso com o objetivo de minimizar os impactos econômicos para o shopping e para os lojistas.

Floripa Shopping – Foto: Divulgação/ND

Veja a nota:

Pensando nos lojistas, foi concedida a isenção total do Fundo de Promoção e Propaganda relativo ao mês de março/2020 (com vencimento em 05/04/2020), a suspensão da exigibilidade do aluguel mínimo relativo ao mês de março/2020 (com vencimento em 05/042020), cujo pagamento poderá ser efetuado até 05/12/2020.

A cobrança dos encargos condominiais será mantida com o intuito de reduzir a fim de gerar benefícios para todos, com reflexos a partir de maio/2020. Aos lojistas que optarem por pagar o aluguel mínimo referente ao mês de março/2020 até 05/04/2020, será concedido desconto de 50%, no valor do aluguel mínimo.

A administração compreende a situação atual e ratifica o intuito de aliviar os reflexos econômicos da pandemia e honrar a parceria com todos os lojistas.

Continente Shopping – São José

Sem dar mais detalhes, o Continente Shopping afirmou que segue em reuniões para uma definição e irá dar uma posição para os lojistas até a noite desta sexta-feira.

Shopping Itaguaçu – São José

Em nota oficial, o Shopping Itaguaçu afirma que assumiu a responsabilidade de tranquilizar os lojistas neste momento de crise.

O estabelecimento chama a situação de “momento jamais vivido”, e afirma estar reunido para estudar todos os cenários possíveis e repassar aos lojistas as melhores opções para diminuir os impactos.

Veja a nota:

O Shopping Itaguaçu assumiu a responsabilidade e tem por dever levar tranquilidade aos lojistas neste momento. Seguindo a determinação dos órgãos competentes, o empreendimento encontra-se fechado desde o dia 18 de março de 2020 em combate e prevenção ao Coronavírus (Covid-19). Entendemos que estamos driblando um problema jamais vivido e, por isso, o Comitê está reunido para estudar todos os cenários possíveis e repassar aos lojistas a melhor opção de diminuir os impactos causados.

Shopping Via Catarina – Palhoça

A reportagem entrou em contato com o Shopping Via Catarina mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

Economia