Acho que faremos acordo ‘fantástico’ com a China, diz Trump

O presidente americano, Donald Trump, afirmou acreditar que fará um acordo comercial “fantástico” com a China, que beneficiará os dois países, à medida que a potência asiática vai abrir seu mercado e “fazer o que precisa fazer”. Segundo o republicano, “quando” o pacto bilateral se confirmar, a economia dos Estados Unidos “ficará incrível”.

Em entrevista à Fox News, o presidente americano ainda voltou a criticar a economia chinesa, que segundo ele “tem problemas” por conta das tarifas impostas por Washington.

Também em relação a comércio, Trump defendeu o Acordo Estados Unidos-México-Canadá (USMCA), que “torna realmente muito ruim para as pessoas saírem dos EUA”, na sua avaliação. Ele enalteceu a decisão da Apple, que anunciou hoje planos de investir US$ 1 bilhão para construir um novo campus em Austin, no Texas, e voltou a criticar a General Motors por fechar fábricas em solo americano.

Além disso, Trump apontou que o mercado acionário “perdeu muito” por causa das tensões comerciais e, questionado sobre o que faria em relação à recente volatilidade registrada, destacou que “estou fazendo ótimos acordos”. Ele também afirmou esperar que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano), que já chegou a classificar como a “maior ameaça à economia” dos EUA, não eleve as taxas de juros novamente. A próxima reunião da instituição ocorre na próxima semana, nos dias 18 e 19, e a expectativa do mercado é de uma nova alta de juros.

Ainda segundo o presidente, “se estivéssemos no Acordo de Paris, estaríamos pagando trilhões de dólares por nada”.

(Monique Heemann, São Paulo)

+

Notícias

Loading...