Acusado de matar mãe e filha há um ano é preso no Vale do Itajaí

Atualizado

O acusado de matar mãe e filha em Blumenau foi preso na tarde desta terça-feira (21), em Lages, na Serra de Santa Catarina. O crime ocorreu dia 4 de abril de 2018, no bairro Tribess, e chocou os moradores da cidade. Anderson Nakamura, de 27 anos, já possuía passagens policiais por tráfico de drogas e disse à polícia que está arrependido do crime.

Mãe e filha foram mortas dentro de casa, no bairro Tribess, em Blumenau – Reprodução/RICTV

Inês do Amaral, de 57 anos, e Franciele Will, de 30 anos, foram encontradas mortas dentro de casa pelo filho de Inês. Conforme o depoimento de Nakamura, ele teria discutido e desferido um soco em Inês. Em seguida, ele admitiu ter levado a mulher para o quarto e a asfixiado. Já Franciele Will teria sido morta por golpes de um objeto perfurante.

Leia também:

Em coletiva de imprensa, o delegado regional de Blumenau, Egídio Ferrari, informou que o homem já era considerado suspeito há alguns meses, pois a principal linha de investigação indicava que o jovem já conhecia a casa e a rotina das vítimas. Ele foi preso em uma ação liderada pela DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Blumenau, com apoio da DIC de Lages.

Durante o interrogatório, Nakamura confessou e deu detalhes do que teria acontecido. Ele morava próximo ao local do crime, era amigo do filho da vítima há anos e frequentava a casa da família. De acordo com o delegado, o rapaz inclusive realizava trabalhos domésticos na casa.

Mais conteúdo sobre

Polícia