Acusados de matar detento com 50 facadas vão a julgamento no Norte de SC

Atualizado

O julgamento de dois detentos acusados da morte de Maikon Disner, que também estava preso, será realizado a partir das 9h desta quinta-feira (8), na Comarca de Joinville, no Norte de Santa Catarina. Segundo a acusação do MP (Ministério Público), os réus, na companhia de outros presos não identificados, desferiram cerca de 50 facadas na vítima.

Julgamento será realizado no Fórum de Joinville, no Norte de Santa Catarina – Arquivo/ND

O crime ocorreu por volta das 15h do dia 30 de junho de 2017, em uma das celas do pavilhão 4 do Presídio Regional de Joinville.

Conforme a acusação, o homicídio foi praticado por vingança, uma vez que a vítima teria tido uma relação afetiva casual com a então namorada de um dos réus. O relacionamento teria acontecido antes das prisões.

Leia também:

A acusação aponta, ainda, que Disner foi surpreendido quando se dirigia ao banheiro, momento em que os denunciados e outros detentos o encurralaram.  A sessão de julgamento será presidida pelo titular da Vara do Júri da Comarca de Joinville, juiz Gustavo Henrique Aracheski, tendo como promotor Marcelo Sebastião Netto de Campos.

Justiça