Adec e Sesi iniciam curso que procura talentos em mecânica, automação e tecnologia

Marcos Horostecki/ND

Montagem ajuda técnicos na descoberta de novos talentos

Tijucas – Atrair e descobrir novos talentos, para motivá-los e levá-los aos cursos de engenharia mecânica e elétrica ou ao desenvolvimento de pesquisas nas áreas de tecnologia e automação. É com esse objetivo que teve início nesta semana, na sede da Adec (Associação de Desenvolvimento Comunitário dos Empregados Ceramistas), em Tijucas, a Jornada de Educação Tecnológica, em parceria com o SESI (Serviço Social da Indústria). Estudantes a partir do 6º ano do ensino fundamental vão receber noções de robótica e automação por um período de três meses. Os mais destacados e interessados terão a oportunidade de cursar outros módulos do curso e se engajar em cursos profissionalizantes do Sesi.

O administrador da Adec, Carlos Silva, explica que o Brasil e em especial a região do Vale do rio Tijucas é carente de profissionais capazes de desenvolver projetos tecnológicos e soluções que atendam as necessidades da indústria. Os mais criativos, que surgem naturalmente nos bancos escolares, logo são apadrinhados por empresas e organizações e muitos acabam sendo levados para fora do Brasil. Outras mentes criativas, por outro lado, terminam por abandonar os projetos porque encontram dificuldades e não conseguem apoio suficiente para seguir em frente. “Queremos descobrir esses novos talentos e apoia-los para que eles permaneçam no Brasil, gerando novos projetos e novas tecnologias para o crescimento da indústria”, assegura.

Segundo o instrutor do curso, Luciano Tarcísio de Souza, depois de receber as primeiras noções de robótica e automação, os alunos trabalharão os primeiros projetos utilizando peças de montar, semelhantes às utilizadas tradicionalmente para o desenvolvimento da criatividade e da coordenação motora durante a infância. Essas peças, associadas a motores elétricos e centrais de comando, permitirão a criação de robôs autônomos, por exemplo, idênticos aos utilizados nas fábricas de cerâmica da região para a organização do estoque.

“Muitas crianças vão fazer o curso e descobrir que não gostam da área, mas outras passarão a se interessar ainda mais e são elas que estamos procurando”, continua. O curso tem 48 vagas e ainda conta com algumas oportunidades disponíveis. A Adec fornece a sala, os computadores e lanche para todos os participantes. O Sesi garante os equipamentos e o instrutor.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Notícias