Adolescentes são apreendidos suspeitos de matar motorista de Uber em Joinville

Atualizado

Dois adolescentes foram apreendidos na madrugada desta segunda-feira (4), em Joinville, no Norte do Estado. Eles são suspeitos no crime que resultou na morte do motorista de aplicativo Joel Weiber, de 46 anos.

Joel Weiber era motorista de aplicativo e teria sido morto durante uma corrida – Foto: Redes Sociais

O crime ocorreu no dia 23 de outubro em uma estrada no bairro Paranaguamirim. O corpo da vítima foi encontrado com quatros tiros na região da cabeça, além de marcas de atropelamento.

De acordo com o delegado Murilo Batalha, durante a apreensão os suspeitos de 15 e 17 anos confessaram o crime.

Em um primeiro momento, a hipótese principal é que o caso se tratava de um latrocínio (roubo seguido de morte), já que o carro de Joel foi encontrado a poucos metros de distância do corpo, sem os pertences pessoais. No entanto, durante o depoimento, os adolescentes alegaram que o crime foi planejado.

“Os dois estavam monitorando o motorista pelo aplicativo. Quando visualizaram que ele estava próximo ao local onde estavam, a dupla acionou a corrida”, conta Batalha.

Agora, a polícia trata o caso como um homicídio. Porém, os dois não informaram a polícia o que teria motivado a morte do motorista.

Carro da vítima – Foto: Ricardo Alves/RICTV

Apesar do corpo apresentar marcas de atropelamento, os adolescentes informaram que apenas atiraram no homem. Após o crime, eles teriam jogado o corpo na estrada, momento em que ele foi atropelado por outro carro que passava pelo local.

Durante o cumprimento dos mandados de internação provisória, a polícia apreendeu com um dos adolescentes um carro com registro de roubo. Eles devem ser encaminhados ainda nesta segunda ao Casep (Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório) de Joinville.

Leia também:

Polícia