Adolescentes suspeitos de homicídio em Barra Velha são liberados

Atualizado

Os dois adolescentes suspeitos de participarem de um homicídio em Barra Velha, Litoral Norte do Estado, foram liberados pela Justiça ainda na noite de segunda-feira (2). Eles haviam sido apreendidos pela polícia na madrugada do mesmo dia, no local do crime.

Uma desavença por conta do tráfico de drogas teria motivado o crime – Foto: Ricardo Alves/RICTV

Os adolescentes estavam na garagem de uma casa, no bairro São Cristóvão, quando foi registrado um duplo homicídio. De acordo com a Polícia Militar, o primeiro homem foi morto e, por conta desse crime, os adolescentes teriam matado o autor do primeiro homicídio. Umas das vítimas foi identificada como Roger Trindade. O nome da outra vítima não foi divulgado.

Segundo a Polícia Civil, no primeiro depoimento, um dos adolescentes teria confessado que matou o autor do primeiro homicídio, enquanto o outro afirmou não ter participação no crime. Já no momento do depoimento em juízo, os dois afirmaram não ter envolvimento nas mortes.

Apesar disso, um dos adolescentes admitiu que teria tentado decapitar a vítima.

O Conselho Tutelar, que acompanha o caso, também confirmou que os dois foram liberados por não haver provas suficientes contra eles.

Após a apreensão, o caso foi encaminhado ao MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) que se manifestou a favor da internação.

A Polícia Civil já finalizou o inquérito sobre o caso e encaminhou à Justiça. Para a reportagem, o delegado Eduardo Ferraz, responsável pela investigação, informou que as facas apreendidas foram encaminhadas para a perícia, o que pode apontar os autores do crime.

A suspeita é de que uma disputa por tráfico de drogas tenha motivado o crime.

Leia também:

Polícia