Agentes prisionais são feitos reféns em Penitenciária de Canhanduba, em Itajaí

Atualizado

Ao menos três agentes prisionais foram feitos reféns no Complexo Penitenciário de Canhanduba, em Itajaí. Os agentes foram capturados por cinco presos em uma galeria da unidade masculina.

Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí – Deap/Divulgação/ND

Segundo o Deap (Departamento de Administração Prisional), o tumulto começou por volta de 14h desde domingo (24). O departamento informou ainda que está negociando a liberação dos reféns.

Os presos estariam armados com pedaços de azulejos. A ação teria sido uma retaliação por medidas de restrição supostamente impostas pela nova direção da unidade. Segundo familiares que aguardavam informações na porta da penitenciária, os presos pertencentes a facções opostas teriam sido misturados.

Detalhes não foram revelados pelo departamento.  Equipes do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e do tático da Polícia Militar foram mobilizadas.

Após cinco horas de negociação, por volta de 19h, a situação foi controlada e os reféns liberados. Segundo o Deap, o sucesso da operação contou com intermediação da juíza da Vara de Execuções Penais, Cláudia Ribas Marinho.

“A Secretaria de Justiça e Cidadania está prestando todo o auxílio necessário para os servidores e funcionários terceirizados da empresa cogestora da unidade”, informou a secretaria por meio de nota.

Mais conteúdo sobre

Geral