Agronômica decreta situação de emergência por causa de calor intenso e prejuízos na agricultura

Determinação aconteceu por se tratar de uma economia agrícola e pastoril

A onda de calor que atinge Santa Catarina está prejudicando a agricultura e a pecuária em diversas cidades do Estado. Nesta quarta-feira (5), o município de Agronômica, no Alto Vale do Itajaí, decretou situação de emergência, por se tratar de uma economia baseada principalmente no setor agrícola e devido a escassez da água.

O prefeito José Menegatti aceitou a sugestão da Defesa Civil municipal ao detectar os prejuízos das lavouras e da produção de leite. A comunidade de Agronômica sobrevive à base da produção de arroz, milho, soja, feijão e melancia. Com o calor excessivo, a seca nas pastagens também prejudicou a produção de leite.

Nesta quinta-feira, a administração municipal organizou toda a documentação necessária para enviar a Secretaria Nacional de Defesa Civil, que deve analisar e homologar a solicitação do decreto em 48 horas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...