Protestos a favor e contra Israel tomam ruas de Berlim

Centenas de pessoas, incluindo proeminentes políticos alemães e membros da comunidade judaica, estão protestando nas ruas de Berlim em oposição a uma manifestação maior, contrária a Israel.

A polícia da capital alemã de Berlim manteve afastados os protestos concorrentes no sábado (1).

A manifestação anual de al-Quds – árabe para Jerusalém – contra Israel atraiu mais de mil participantes, com alguns cantando “a Palestina renascerá!” ou “Gaza Livre”. Outros balançam bandeiras iranianas.

A agência de notícias alemã DPA informou que o comissário de antissemitismo do governo, Felix Klein; o embaixador israelense na Alemanha, Jeremy Issacharoff; e o principal oficial de segurança de Berlim, Andreas Geisel, participaram da manifestação pró-Israel.

Geisel instou o governo alemão a considerar a proibição da ala política do grupo militante Hezbollah. Alguns no contra-protesto agitavam bandeiras e cartazes israelenses com slogans como “Chegou a hora de transformar o Hamas em homus”. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre

Mundo