Alesc promove audiência pública sobre saneamento

Encontro será na segunda-feira, dia 29, no Centro de Eventos de Canasvieiras. Objetivo é alinhar providências que devem ser adotadas em 2016 para reduzir poluição por esgotos

Representantes do governo do Estado, da Casan e da prefeitura, além de lideranças comunitárias e empresariais do Norte da Ilha de Santa Catarina, participarão nesta segunda-feira, 29, da audiência pública “Planejamento do Saneamento Básico de Florianópolis: Diagnóstico e Soluções”. O encontro, convocado pela Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa, será no Centro de Convenções de Canasvieiras, a partir das 19h30. O presidente da Comissão, deputado João Amin (PP), me explicou na quinta, 25, que o objetivo do evento é “cobrar, exigir respostas e criar soluções” para que o problema da poluição das praias não se repita nas próximas temporadas. João Amin deixou claro: “Não podemos deixar o assunto morrer porque a atual temporada está chegando ao fim. A questão é recorrente e muito grave. Por isso pretendemos fazer um balanço de tudo o que houve em 2015/2016 e focar na prevenção, na adoção de medidas efetivas para enfrentar esse desafio”. Ainda conforme o deputado, “existem soluções, inclusive linhas nacionais e internacionais de financiamento para o saneamento básico”. Ele também acredita que a fiscalização tem que ser mais intensiva e que os moradores de baixa renda precisam de estímulo financeiro – com a abertura de linhas de crédito – para ligar seus esgotos domésticos à rede.

Longo prazo

Ainda segundo o deputado João Amin, a linha de crédito para a ligação dos esgotos da população mais carente pode ser aberta, por exemplo, pela própria Casan, que cobraria os valores dos serviços na própria conta do esgoto, em parcelas mensais razoáveis. “Isso, diluído no longo prazo, não acarretaria qualquer prejuízo para a Casan”, enfatizou.

Compromisso

Ainda quanto a saneamento, é bom lembrar que recentemente o presidente da Casan, Valter Gallina, assumiu o compromisso de colocar a questão como prioridade da empresa em 2016. Gallina anunciou inclusive que vai buscar parceria com técnicos da prefeitura da Capital e dos principais órgãos ambientais – Floram, Fatma e ICMBio – para definir ações integradas. Um dos primeiros pontos será a construção de uma nova estação de tratamento compacta, em Canasvieiras.

Via Expressa

Do leitor Osvaldo Jerônimo dos Santos: “Como usuário diário da Via Expressa, quero te parabenizar pela nota do ND de quinta, 25 (‘Solução para a Via Expressa da 282 é paliativa’). Sempre acompanhado de minha filha, não canso de dizer a ela que aquelas alças devem ser fechadas nos horários de pico, para se evitar os ‘Gersons’. Tudo que eu penso está escrito ali. Agora, ir pedir R$ 500 milhões e voltar com R$ 100 milhões, mostra a força dos nossos políticos”.

Destaque nos EUA

Morte do historiador catarinense Walter Piazza foi registrada na edição de quarta-feira, 24, do Portuguese Times (de New Bedford), maior jornal de língua portuguesa dos Estados Unidos. Artigo de meia página foi assinado pela pesquisadora catarinense Lélia Nunes. Ela destacou a longa trajetória cultural e acadêmica de Piazza, um incansável intelectual que se dedicou à história do Estado e da influência luso-açoriana na nossa formação humana.

Por nada

“A idiotice atingiu níveis absurdos”. Comentário de @douglasavai sobre uma chamada de jornal: “Rolling Stones: fãs brigam por política e têm que ser separados nas cadeiras”.

Procon virtual

A diretora do Procon/SC, Elizabete Fernandes, foi convidada para compor o Comitê Gestor do consumidor.gov.br que tem como objetivo definir ações e coordenar a gestão e manutenção da plataforma pública. A reunião de instalação será no dia 11 de março, às 10h, em Brasília. No portal podem ser efetuadas reclamações virtuais sobre produtos ou serviços.

Apelo sem noção

Reclame de um fabricante de automóveis, divulgado nas redes sociais: “Chega de ônibus! Garanta seu (automóvel ‘x’) completão com entrada baixa e parcelas ainda menores”. Tudo bem vender o peixe por um preço bem bacana, mas não dá para repudiar o transporte coletivo. Um antimarketing bem flagrante em tempos de imobilidade urbana.

Golpe pelo fone

Familiares precisam alertar e proteger seus parentes idosos quanto a golpes por telefone, que têm se intensificado na Grande Florianópolis. Os vigaristas ligam para telefones fixos, de forma aleatória, jogam a isca – uma conversa em tom de intimidade e emoção –, e os idosos acabam acreditando que se trata de algum parente em dificuldades financeiras (às vezes filhos ou netos). Os autores do golpe pedem transferências bancárias bem vultosas.

Divulgação

Legenda

Tecnologia…

Acaba de ir ao ar o site do aplicativo Rede Vitalis, uma ferramenta que foi idealizada em Santa Catarina para conectar pessoas com câncer por meio de um chat com o objetivo de trocar ideias e experiências para trazer leveza ao tratamento oncológico. A ideia surgiu após o jovem de Florianópolis Lucas José Garcia (foto) se curar de um câncer de testículo.

…para o bem

No tratamento, quis ouvir e compartilhar histórias com pessoas que estivessem passando pelo mesmo problema, mas teve dificuldades. Por isso decidiu criar a app. A Rede Vitalis precisa de patrocinadores e parceiros para poder sair do papel e ser usada gratuitamente nos smartphones de quem precisa.

Divulgação Rafael Paulo/SAI/ND

Renda diplomática

A qualidade de uma toalha de renda de bilros tecida em Florianópolis impressionou o chefe da Delegação da União Europeia, embaixador João Cravinhos. Cravinhos, que é português, foi presenteado pelo governador Colombo durante a visita a Santa Catarina na quinta, 25. O embaixador organizará a reunião anual dos embaixadores da União Europeia em maio na Capital.

Loading...