Santa Catarina tem 417 casos de coronavírus, afirma governo do Estado

Atualizado

Em transmissão pelas mídias do governo do estado, o Governador Moisés (PSL) confirma 417 casos de coronavírus no estado. São 99 casos na capital, 52 em Blumenau e 27 em Criciúma.

Os números apontam ainda 21 casos em Itajaí, 17 em São José, 19 em Tubarão e 12 em Balneário Camboriú. Segundo o governador, o Estado segue com 11 óbitos em virtude da covid-19. De todos os 417 casos em Santa Catarina, 38 estão em UTI (13 em hospitais do estado e 25 privados).

Leia também:

Esta foi a primeira vez que o governador e seus secretários apareceram utilizando máscaras, recomendando utilização massiva. A orientação vem depois de o governo federal e municipal também orientarem, apelando para utilização de máscaras caseiras, feitas de tecido em casa. Isso, para reservar as máscaras descartáveis e N95 aos profissionais de saúde.

O secretário de saúde afirmou que ainda nesta segunda-feira (6) será publicada uma portaria para regulamentar a utilização de máscaras. A publicação será no Diário Oficial, seguida de orientações para utilização e limpezas.

Educação

Segundo Natalino Uggioni, Secretário de Estado da Educação, o governo organizará atividades parcialmente não presenciais. Ele afirma ainda que quem tiver condições, receberá o conteúdo online, ao passo que quem não tiver receberá o material em casa ou deverá buscá-lo em sua escola.

Os que não tiverem condições de cumprir com nenhuma das opções, devem ir à escola normalmente, com as devidas orientações da secretaria da saúde. Atualmente são 42% dos alunos sem um computador em casa, e 18% sem internet.

A medida, que afeta 540 mil estudantes de escolas estaduais, deve retomar “em plena carga” até 22 de abril, com todos os estudantes realizando as atividades conforme as medidas do governo.

Além disso, o secretário também falou sobre a alimentação escolar, que afeta estudantes vulneráveis socialmente. A pasta aguarda sanção do governo federal em medida que proverá recursos para aquisição de alimentos. Serão distribuídos kits alimentares para as famílias dos estudantes. Os produtos virão da agricultura familiar do estado, com previsão de injetar R$ 4 milhões na economia. Serão oito centros de distribuição no estado.

Confira a lista de casos por cidade:

Águas Mornas: 1
Antônio Carlos: 8
Araranguá: 4
Balneário Arroio do Silva: 1
Balneário Camboriú: 12
Balneário Gaivota: 1
Biguaçu: 1
Blumenau: 52
Botuvera: 1
Braço do Norte: 16
Brusque: 1
Camboriú: 7
Canelinha: 1
Chapecó: 6
Criciúma: 27
Florianópolis: 99
Gaspar: 5
Governador Celso Ramos: 2
Gravatal: 4
Içara: 1
Imbituba: 6
Indaial: 2
Irati: 1
Itajaí: 21
Itapema: 3
Itapiranga: 1
Jaguaruna: 2
Jaraguá do Sul: 6
Joaçaba: 1
Joinville: 25
Lages: 4
Laguna: 3
Mafra: 1
Morro da Fumaça: 1
Navegantes: 4
Palhoça: 3
Papanduva: 2
Paulo Lopes: 2
Pedras Grandes: 1
Pescaria Brava: 1
Pomerode: 1
Porto Belo: 4
Rancho Queimado: 2
São Domingos: 1
São Francisco do Sul: 2
São José: 17
São Lourenço do Oeste: 1
São Ludgero: 3
São Pedro de Alcântara: 1
Siderópolis: 5
Sombrio: 3
Santo Amaro da Imperatriz: 1
Tijucas: 2
Timbé do Sul: 1
Timbó: 1
Tubarão: 19
Urussanga: 2
Videira: 1

Saúde