Liberação do trânsito no elevado do Rio Tavares marca aniversário de Florianópolis

Atualizado

Com um pedido de desculpas para a comunidade e escoltado por veículos da Polícia Rodoviária Militar, o prefeito Gean Loureiro abriu o trânsito no elevado do Rio Tavares, às 6h deste sábado (23), no Sul da Ilha. Apesar de não querer transformar o ato em cerimônia de inauguração, a expectativa criada diante da obra, iniciada em 2015, e a importância para a mobilidade da região fizeram vereadores e comunidade levantarem mais cedo para acompanhar a liberação do tráfego.

Tráfego de veículos no elevado do Rio Tavares foi liberado por volta das 6h – PMF/Divulgação/ND

Tanta mobilização fez o próprio prefeito pedir para que todos, inclusive os vereadores e secretários, ficassem sobre a calçada, enquanto apenas os jornalistas foram autorizados a acompanhar a abertura do trânsito sob o elevado.

Para o líder comunitário Ataíde Silva, a obra vai ser fundamental para a região. “Não tem nem o que falar. Com certeza vai ajudar muito na mobilidade da cidade”, disse. Antes da liberação, o prefeito Gean Loureiro fez questão de gravar um vídeo com funcionários da obra. “Gostaria de pedir desculpas para a comunidade pois era uma obra que já deveria estar pronta. Conseguimos superar todos os entraves e graças ao esforço de vocês, funcionários, estamos entregando essa obra, que não vai resolver todos os problemas de mobilidade, mas vai melhorar o trânsito da região”, declarou.

Trânsito no elevado foi liberado por volta das 6h – Flávio Tin/ND

Familiares de Milton Otávio da Silva, o Tatu, fizeram uma pequena manifestação para reivindicar o nome do elevado, que inicialmente irá homenagear o músico Getúlio Manoel Inácio, nativo do Campeche. Segundo Arlete Catarina da Silva, filha de Tatu, na segunda-feira (25) deverá ser apresentado um projeto na Câmara de Vereadores para que o elevado ganhe o nome do pai, falecido em 2008. “O povo do Rio Tavares está indignado. O elevado foi construído no terreno que era do meu pai”, argumenta.

Ainda antes da inauguração, o prefeito Gean Loureiro evitou a polêmica com o nome que será dado para a estrutura. “O elevado levará o nome do seu Getúlio e a praça vai se chamar Milton Tatu, assim as duas comunidades são homenageadas”, garantiu.

A Praça do Rio Tavares vai completar a obra do elevado, oferecendo um espaço de convivência para a comunidade. Em fase de licitação, deve começar a ser construída em abril e terá quatro meses de prazo para conclusão.

Além da inauguração de obras, a prefeitura promove diversas atrações na cidade. O tradicional corte do bolo será realizado na praça do Carianos, às 10h, e no Parque de Coqueiros, às 15h, acompanhado de apresentações como boi de mamão, Roda de Rendeiras e Ratoeiras, entre outras apresentações culturais.

Confira a programação completa do aniversário de 346 anos de Florianópolis

Geral