Prefeito anuncia novas medidas para enfrentar coronavírus em Florianópolis

Atualizado

O prefeito de Florianópolis Gean Loureiro (DEM) concedeu uma entrevista coletiva nesta terça-feira (25) onde anunciou medidas sociais e de saúde durante o período de isolamento social.

Prefeito e secretário de Saúde anunciaram as novas medidas

Acompanhado do secretário de saúde do município Carlos Alberto Justo da Silva, o prefeito detalhou também a criação de fundo para a compra de equipamentos de proteção individual para profissionais da saúde.

Na coletiva foi anunciado ainda que 34 profissionais de saúde — enfermeiros e médicos — concursados fizeram a escolha de seus locais de trabalho por meio de videoconferência. Com essa ações, os servidores estão aptos a assumir seus postos de trabalho.

Leia também:

Outro ponto divulgado pelo prefeito foi a criação de um portal de estudo para os alunos da rede pública municipal. Por meio portal educacional será possível retomar conteúdos de história, português e demais matérias.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde na segunda-feira (24), Santa Catarina tem 86 casos confirmados. Destes, 15 em Florianópolis.

Campanha de vacinação adiada

Um dos pontos tratados na coletiva foi o adiamento da campanha de vacinação contra a gripe. Prevista para começar na segunda-feira (23), a imunização acontece nesta semana apenas para profissionais da saúde e idosos com idade acima dos 80 anos ou com dificuldade de locomoção.

O segundo grupo deve solicitar atendimento domiciliar à prefeitura. A medida visa evitar que essas pessoas, consideradas mais propensas a complicações pelo Covid-19, sejam expostas ao vírus. A partir da próxima segunda-feira (30) será adotado o modelo de vacinação “drive thru” ou a domicílio para os idosos.

“Os idosos que não apresentarem sintomas respiratórios devem se vacinar nas unidades de saúde. Já os que têm algum sintoma podem procurar os ‘drive thru’ ou escolas que estarão oferecendo a imunização”, disse o secretário Carlos Alberto.

Além das escolas, serão montadas estruturas em cinco pontos da Capital para vacinar esse grupo. Beira-mar Norte e Continental, os terminais de ônibus desativados do Jardim Atlântico e Saco dos Limões e o pedágio da SC-403, no Norte da Ilha, contaram com uma estrutura de vacinação.

Auxílio para autônomos

A prefeitura vai dar um auxílio mensal de R$ 100 para profissionais autônomos. A ajuda de custa é exclusiva para a compra de alimentos e produtos de limpeza, sendo proibida a aquisição de bebidas alcoólicas ou cigarro, por exemplo.

Segundo o prefeito, receberão o auxílio os profissionais autônomos cadastrados no atendimento social da município.

Para a manutenção desse benefício a prefeitura vai destinar cerca de R$ 200 mil por mês.

Saúde