Após audiência com MPT, Sintraturb se compromete a segurar greve até quarta-feira

Atualizado

O Sintraturb (sindicato dos trabalhadores no transporte público) e o Setuf (sindicato patronal) se reuniram mais uma vez nesta segunda-feira (10), em audiência que contou com mediação do Ministério Público do Trabalho para negociar as questões levantadas pela categoria.

As partes ainda não chegaram a um acordo, embora as negociações tenham avançado, e nova audiência ainda não foi marcada. Por pedido do MPT, o Sintraturb acatou por não fazer greve até quarta-feira (12) – quando haverá assembleia com os trabalhadores.

Anderson Coelho/ND

A audiência, que começou às 14h e acabou por volta das 18h, foi conduzida pela procuradora Cinara Sales Graeff. Estiveram presentes representantes e advogados do Sintraturb e Setuf, do município e do Estado.

Na última sexta-feira (7), o Sintraturb anunciou ‘estado de greve’. Segundo Dioniosio Linder, diretor do sindicato, dentre as reivindicações defendidas pela categoria estão o reajuste do vale-alimentação, integridade do seguro de vida e horário de intervalo. Segundo Linder, os trabalhadores possuem apenas parte do seguro de vida custeado e ficam com as pausas (durante os serviço) dependentes do trânsito.

Notícias