Após primeira confirmação no Brasil, Santa Catarina tem 2 casos suspeitos de coronavírus

Atualizado

Após o primeiro caso de coronavírus ser confirmado no Brasil, a Secretaria de Estado da Saúde informou que Santa Catarina tem dois casos suspeitos da doença. As cidades onde estão os pacientes não foram divulgadas.

Em Santa Catarina, quatro casos suspeitos já foram descartados – Foto: Pixabay/Divulgação

Outros quatros casos suspeitos da doença já foram descartados. Os números sobre a situação do vírus constam na Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (IVIS) do Ministério da Saúde.

Além disso, a Secretaria de Saúde informou que acompanha de perto a evolução do novo coronavírus. Inclusive, um site foi criado pela secretaria para fornecer informações destinadas ao público em geral e aos profissionais da rede estadual.

Ministro da Saúde fala sobre caso de coronavírus no Brasil – Foto: Reprodução

Primeiro caso confirmado no Brasil

Durante coletiva de imprensa, realizada na manhã desta quarta-feira (26), o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de coronavírus do país. O paciente é um brasileiro de 61 anos que voltou recentemente da Itália.

O homem viajou a negócios para a Lombardia, no Norte da Itália, região que concentra os casos de coronavírus no país. Ele se encontra em quarentena domiciliar e se recupera bem.

No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, são 20 casos suspeitos da doença, sendo que 59 já foram descartados. O Estado que apresenta o maior número é São Paulo, com 11 casos.

O que é o coronavírus?

O coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. Chamado oficialmente de SARS-COV-2, o novo agente do corona foi descoberto no fim de dezembro após casos registrados na China.

O novo coronavírus é capaz de infectar humanos e pode ser transmitido de pessoa a pessoa por gotículas respiratórias, por meio de tosse ou espirro, pelo toque ou aperto de mão ou pelo contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido, então, de contato com a boca, nariz ou olhos.

Os sintomas mais comuns da doença, apresentados entre os pacientes hospitalizados, são febre, tosse e falta de ar. Além disso, dores musculares e de cabeça, bem como confusão mental, irritação na garganta e desconforto no peito também foram observados.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, já são 80.239 casos registrados em 35 países, com 2.700 mortes.

Leia também:

Mais conteúdo sobre

Saúde