Após seis dias de greve, serviços municipais são normalizados em Florianópolis

Atualizado

Encerrada oficialmente nesta terça-feira (17), a greve dos servidores municipais prejudicou a utilização de serviços públicos para os moradores de Florianópolis. De acordo com nota divulgada pela prefeitura do município, a partir desta quarta-feira (18), serviços como educação, saúde e assistência social estão regularizados.

População pode recorrer aos serviços de saúde e assistência social normalmente nesta terça-feira  – Arquivo/Daniel Queiroz/ND

A greve dos servidores foi realizada, segundo o Sintrasem (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis), por causa da falta de avanço na pauta de reivindicações passados 42 dias do início do processo de negociação.

Leia também:

Na tarde de terça-feira (17), a Prefeitura de Florianópolis divulgou que, após negociação da data-base, a administração municipal acertou a reposição da inflação aos servidores. Foi acertado o percentual de 2,5%, pagos em junho e 2,5% a serem pagos em dezembro.

Também ficou acordada a realização de concurso público e aplicação do Plano de Cargos e Salários em setembro, dentre outras melhorias funcionais e sociais dos servidores. Importante frisar que os acordos estão sujeitos ao limite legal da lei de responsabilidade fiscal.

Durante a assembleia, segundo o prefeito Gean Loureiro, houve responsabilidade e bom senso em ambos os lados da negociação, com transparência dos números e também permitindo que os investimentos previstos para a cidade possam continuar.

Geral