Após ‘vazar’ questão de matemática do Enem 2019, Inep reforça cuidado com fake news

Atualizado

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) reforçou que os candidatos do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) devem ter cuidado com fake news que circulam na internet. A segunda prova será aplicada neste domingo (10).

Montagem foi feita em cima de caderno do Enem de 2017 – Foto: Inep/Divulgação

A orientação ocorre após uma suposta questão de matemática da prova deste domingo ter sido vazada. Trata-se, no entanto, de uma fake news. A imagem é, na verdade, uma montagem de uma questão do Enem de 2017.

“É falsa a imagem que circula pelas redes sociais da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. O Inep repudia a disseminação de informações falsas e tentativas de tumultuar o cronograma do Enem justamente nos dias que antecedem a realização do exame”, disse o Inep em nota, no final de outubro, quando começou a circular a imagem nas redes sociais.

A imagem e a orientação

A imagem que começou a circular nas redes sociais no final de outubro mostra uma questão de matemática com o cabeçalho “Enem 2019”. No entanto, é uma montagem do caderno do exame de 2017.

Para não ser enganado por notícias falsas, as chamadas fake news, a orientação do Inep é buscar as fontes oficiais para tirar dúvidas sobre o Enem e receber orientações.

Todo o conteúdo oficial sobre o Enem 2019 é identificado com as logomarcas do Inep e do MEC (Ministério da Educação).

As páginas do Inep e do MEC na internet e em suas redes sociais estão veiculando várias campanhas sobre o Enem, com orientações sobre documentos válidos, horários, itens permitidos, obrigatórios e proibidos, além de dicas para não zerar a redação.

No YouTube do Inep há ainda vídeos de orientação sobre a aplicação e o que antecede as provas.

Com informações do Estadão Conteúdo.

Educação