Apostas de jogo do bicho suspensas em Florianópolis, mas só nas casas lotéricas

Depois da divulgação dos flagrantes mostrados pela RIC Record de casas lotéricas da Caixa Econômica Federal fazendo postas de jogo do bicho, em Florianópolis, a ordem dos proprietários foi de suspender as apostas ilegais imediatamente. As denúncias foram ao ar nesta terça-feira (3) O jogo do bico é proibido por lei, enquadrado como contravenção penal, mas mesmo assim continua praticamente invencível, com centenas de pontos de apostas espalhados pela cidade.

Na lotérica do Córrego Grande, uma das que faziam apostas ilegais deliberadamente, a atendente lamenta ao informar que não estão mais fazendo jogo do bicho, mas indica o local mais perto para que o apostador não perca a chance de fazer uma “fezinha”. O local indicado é um bar, no bairro Pantanal, onde sem nenhum constrangimento, as apostas continuam a todo vapor. O dono da lotérica, que funciona em um supermercado da região, não foi encontrado para dar explicações sobre as denúncias.

Na terça-feira, a Caixa Econômica Federal, a qual as lotéricas são afiliadas, emitiu nota condenando a prática prometendo apurar as denúncias apresentadas pela reportagem. Segundo a nota, se confirmadas ilegalidades nas unidades conveniadas as permissões serão suspensas. Na lotérica localizada no norte da Ilha, em Jurerê Internacional, outra lotérica flagrada pela reportagem, as apostas também foram suspensas.

No centro de Florianópolis, anexo ao Mercado Público, em uma única sala funciona uma lotérica da Caixa e uma casa de apostas, onde são feitos jogos do bicho. O imóvel é alugado por dois irmãos, mas cada um comanda o seu negócio. A sala foi dividida ao meio com uma parede para separar os dois ambientes.

+

Notícias