Aprovada a lei para adotar praças, parques e jardins em Barra Velha.

Espaços públicos para adoção

Projeto para adotar praças, parques, jardins e canteiros de Barra Velha já foi sancionado. A lei permite que empresas e até moradores possam financiar obras e manutenção desses espaços públicos.  De acordo com a cartilha do programa, os participantes terão logotipos ou nomes estampados nessas áreas, em placas. Os interessados devem apresentar uma carta de intenção contendo a proposta de realização das obras ou serviços e respectivos valores.

 

Atualização de cadastro

Cadastros do programa bolsa família de Camboriú precisam ser atualizados pelos beneficiários. Na cidade, dos 1.619 famílias, 250 estão com as informações desatualizadas e correm o risco de perder o benefício. Os dados precisam ser atualizados até o dia 13 de dezembro. As famílias precisam procurar a secretaria de assistência social para regularizar a situação.  

 

Governo Federal aprova projeto para Festival

Aprovado o projeto para a realização do 16º festival de música de Itajaí.  R$ 929 mil serão custeados pela Lei Rouanet. Empresas interessadas em auxiliar podem ter o valor desembolsado deduzido do imposto. As informações estão disponíveis na Fundação Cultural de Itajaí que já lançou carta para captação de apoiadores. O festival começa no dia 16 de novembro e segue até o 1º de dezembro. O festival vai integrar parte da programação do evento “Aventura pelos Mares do Mundo.”

 

Vagas para estágio no MP

Em busca de estagiários. Ministério Público Federal abriu as pré-inscrições para a escolha de estagiários para Direito. Serão selecionados estudantes para atuar em Florianópolis, Concórdia, Joinville, Mafra, Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Tubarão.  As provas estão marcadas para o dia 31 deste mês. A inscrição deve ser feita pelo site www.prsc.mpf.mp.br e a confirmação deve ser feita nos dias 22 e 23 de agosto na sede do MP.

 

Novas moradias

Obras para a construção de 80 apartamentos do programa Minha Casa Minha Vida no Bairro Santa Regina em Camboriú já começaram. As moradias serão entregues as famílias cadastradas há mais de dois anos no sistema da cidade. De acordo com a Coordenadoria da Defesa Civil, serão priorizadas as famílias que residem em áreas de risco, áreas públicas ou áreas verdes de Camboriú.

Loading...