Área florestal destruída por incêndio chegou a 50 hectares, afirmam bombeiros

Atualizado

Subiu para 50 hectares a estimativa da área destruída pelo incêndio florestal que atingiu a região da BR-101, em Palhoça, entre domingo (8) e segunda-feira (9). O novo dado foi divulgado pelos bombeiros na manhã desta terça-feira (10). A estimativa divulgada na segunda-feira (9) apontava que a área queimada havia sido de 35 hectares – equivalente a 50 campos de futebol.

Área atingida por incêndio em Palhoça – Foto: Arcanjo/Divulgação/ND

Uma análise mais detalhada deve ser feita ainda esta semana, com o apoio dos helicópteros do Arcanjo, afirmam os bombeiros.

Leia também:

O incêndio atingiu a área próxima ao km 242 da rodovia, e os combates ao longo desta segunda-feira duraram cerca de 16 horas.

As chamas começaram por volta das 22h do último domingo (8) e o incêndio foi controlado por volta da meia-noite. A guarnição foi acionada novamente às 4h de segunda, após receber a informação de que o fogo havia recomeçado.

Conforme o Corpo de Bombeiros, a disseminação do fogo foi facilitada devido ao vento forte que vinha do Norte.

De acordo com o coordenador do Parque da Serra do Tabuleiro, Carlos Cassine, o incêndio ocorreu fora do parque, mas dentro de uma APA (Área de Preservação Ambiental) do Entorno Costeiro.

Mais conteúdo sobre

Meio Ambiente