Arteris Litoral Sul rescinde contrato com empresa que executava obra do Contorno Viário

A Arteris Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia BR-101 em Santa Catarina, rescindiu o contrato com a empresa que executava as obras do Contorno Viário da Grande Florianópolis. A decisão foi divulgada no fim da tarde desta quarta-feira (9). Na terça-feira (8), a empreiteira havia determinado a paralisação dos 450 operários para tentar renegociar o contrato.

Segundo representante da Salini, a empresa chegou no limite e não poderia mais executar a obra sem que as reivindicações fossem atendidas. Desde o ano passado, a construtora pleiteava a mudança no metódo construtivo da rodovia. Eles acreditam que a base de barro prejudica a retomada das obras após perídos de chuva e pediam que houvesse a substituição por rocha, que é um material mais caro.

Em nota, a concessionária informou que não haverá atraso na obra. Confira o comunicado na íntegra:

“A Arteris Litoral Sul informa que notificou a construtora Salini Impregilo sobre a rescisão do contrato e já está em processo de uma nova contratação para substiuir a operação nas obras do Contorno de Florianópolis. A concessionária ressalta que esse fato não acarretará em atraso no cronograma de entrega do Contorno, qtue está mantido para 2021, e esclarece que está tomando todas as medidas necessárias para que os trabalhos sejam retomados o mais rápido possível.

A Litoral Sul destaca seu compromisso com os catarinenses e que ainda no mês de janeiro irá iniciar as obras do Contorno no Trecho Sul da nova rodovia, em Palhoça, na região onde serão implantados seis túneis.”

Mais conteúdo sobre

Região

Nenhum conteúdo encontrado