Associação recorre ao MP para garantir melhorias na área rural de Joinville

Divulgação/ND

Entre os problemas discutidos estão o excesso de borrachudos, a falta de uma política para eliminá-los, pouca ou nenhuma fiscalização do poder público, sobretudo em época de verão, na qual centenas de turistas procuram os rios da região do Pira

O excesso de borrachudos, a falta de uma política para eliminá-los, pouca ou nenhuma fiscalização do poder público, sobretudo em época de verão, na qual centenas de turistas procuram os rios da região do Piraí, na zona rural de Joinville, para se refrescar, foram problemas levados pelo presidente da Aterj (Associação de Turismo Ecorrural de Joinville), Samir Migdady, ao promotor da 14ª Promotoria de Justiça do Ministério Público, Marcelo Mengarda.

“Algumas propriedades da região também recebem alunos da rede municipal dentro do Programa Viva Ciranda. Entretanto, estas mesmas propriedades não são contempladas com a coleta seletiva de lixo, tampouco iluminação pública, telefonia e saneamento básico”, reclamou o presidente da Aterj.

Moradores da região do Piraí já haviam tratado sobre as dificuldades enfrentadas com o vereador Manoel Bento (PT), que sugeriu uma reunião com o promotor. Segundo Migdady, algumas propriedades da região fazem parte do projeto Viva Ciranda, que desenvolve o turismo ambiental nas escolas.

O promotor Marcelo Mengarda comprometeu-se em visitar as propriedades dentro de um mês, para conhecer as dificuldades. “Preciso saber exatamente a que pé estão estes problemas, ver in loco, mas por ora considero esta questão de suma importância para nossa cidade”, considerou ele. 

Resultados
Os resultados comprovam a importância da ação coordenada entre as polícias Civil e Militar em Joinville. Desde o início da operação, em fevereiro, houve 170 prisões em 140 procedimentos policiais instaurados. No mesmo período, foram realizados 95 prisões em flagrante e 28 mandados de prisão cumpridos.

Baixa nas facções
Das prisões efetuadas, 16 indivíduos estão ligados a facções criminosas, a maior parte identificada como lideranças efetivas e autores de crimes de homicídio.

Prazo indeterminado
A boa notícia vinda da Secretaria Estadual da Segurança Pública é que os efetivos serão mantidos enquanto houver necessidade. “Não temos prazo para concluir esta mobilização”, afirmou o secretário César Grubba. Desde o início do ano até ontem, Joinville registrou 24 homicídios dolosos com uma taxa de 4,3 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes.

Divulgação/ND

Prosseguem em ritmo acelerado as obras de ampliação e melhorias no Hospital Materno Infantil Dr. Jeser Amarante Faria

Saúde infantil
Prosseguem em ritmo acelerado as obras de ampliação e melhorias no Hospital Materno Infantil Dr. Jeser Amarante Faria, em Joinville. Serão construídos 23 novos leitos. O projeto inclui a implantação da ala de internação psiquiátrica com dez leitos e ampliação de 13 leitos da UTI Neonatal, além de diversas adequações físicas na estrutura da unidade. O investimento de R$ 13 milhões do governo do Estado vai possibilitar a ampliação da oferta de serviços e está com as intervenções concluídas em 40%.

Calçadas e ciclovias
Nesta quarta-feira, às 9h, no estacionamento do Centreventos Cau Hansen, o prefeito Udo Döhler (PMDB) assina decreto que institui o Plano Diretor de Transportes Ativos. O plano estabelece as diretrizes de infraestrutura urbana e segurança viária para qualificar o transporte a pé e aumentar o índice de deslocamentos por bicicleta.

Redução no ninho
Após a baixa de vereadores, lideranças das mais variadas legendas têm sido convidadas a recompor a representação do ninho tucano, sem distinção de cor ou ideologia partidária. Em 2012, o PSDB elegeu os vereadores Fábio Dalonso, Roberto Bisoni e Maurício Peixer.

Preocupação
Recentemente, Dalonso filiou-se ao PSD, de Darci de Matos; Bisoni e Peixer negociam com outras legendas. Atualmente a bancada tucana na Câmara é composta por dois vereadores. Mas há risco de encolher ainda mais, e a qualquer momento, comentou Bisoni.

Rogerio da Silva/divulgação/ND

Nesta quarta-feira é dia de homenagear a cidade mais populosa e a que mais gera riqueza no Estado

Parabéns
Apesar dos problemas típicos de um município de seu porte, nesta quarta-feira é dia de homenagear a cidade mais populosa e a que mais gera riqueza no Estado. Cidade de trabalho, desafios, mas também de oportunidades. Parabéns, Joinville.

Loading...