Atentendo agricultores, Epagri une escritórios em nova sede em Pirabeiraba

Serviços agora são prestados no Centro Integrado de Desenvolvimento Agropecuário e Pesca, ao lado da Fundação 25 de Julho

Rogério Souza Jr.

Novo local onde funcionam os escritórios local e regional da Epagri

Depois de 50 anos instalado na rua Princesa Isabel, no Centro de Joinville, o escritório regional da Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina) mudou de endereço no dia 17 de março. O atendimento agora é feito no Cidap (Centro Integrado de Desenvolvimento Agropecuário e Pesca), que funciona ao lado da Fundação Municipal de Desenvolvimento Rural 25 de Julho, no distrito de Pirabeiraba.
A mudança foi uma reivindicação dos agricultores, assinala o agrônomo Onévio Zabot, gerente regional da Epagri. “No tempo em que o serviço foi implantado na rua Princesa Isabel e era feito pela Acaresc, hoje Epagri, Joinville era uma cidade tranquila, com pequeno movimento de automóveis. Com o acentuado aumento da frota de veículos, as ruas ficaram congestionadas e, por isso, nos últimos dois anos, os agricultores deixaram de comparecer ao escritório. A situação complicou-se ainda mais quando a Epagri perdeu o estacionamento que foi usado para construir a sede joinvilense do Ministério do Trabalho. A direção da Epagri chegou então à conclusão de que era hora de mudar para este endereço, perto do viaduto da BR-101, em Pirabeiraba. O local é estratégico por facilitar o acesso dos agricultores de tora a região do litoral Norte”, ressalta Zabot.
O atual endereço, além de facilitar o acesso aos agricultores, representa também economia para a Epagri. “Tínhamos o escritório regional no Centro de Joinville e o escritório local no centro de Pirabeiraba. Agora, os dois funcionam aqui no mesmo endereço, o que representa redução das despesas de manutenção”, diz o gerente regional da Epagri.

Nada muda nas coordenações

No novo endereço nada muda no cronograma de trabalho da Epagri. O escritório local, coordenado pelo técnico agrícola Osmar Vanderlinde, continua recebendo apoio do escritório regional na assistência aos produtores rurais de Joinville.
O escritório regional conta com o Projeto Santa Catarina Rural, coordenado pelos agrônomos Gilmar Jacobowski e Itamar Gislon, o departamento de assistência técnica, pesquisa, fundo de desenvolvimento rural e de crédito fundiário, tocado pelo agrônomo Anselmo Benvenutto Cadorin, o programa de agroindústrias familiares, com a coordenação da agrônoma Adriana Tomazi Alves, e o de extensão rural, coordenado por Terezinha Hartman e Ana Lucia Ribeiro. “A equipe é enxuta e bem conectada com a realidade rural da região”, destaca Onévio Zabot.
O escritório da Epagri conta com dois telefones: 3424-1301 e 3433-8267.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Notícias