Áudio vaza e causa constrangimento em sessão da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú

Atualizado

Durante uma sessão virtual realizada nesta quarta-feira (20) pela Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, um áudio do vereador Roberto Souza Junior (MDB), que participava de casa, vazou e gerou uma situação bastante constrangedora.

“Estou coçando o pinto mesmo, olha o cheiro que fica” foi a frase vazada no conteúdo da gravação, que interrompeu a fala do vereador Marcelo Achutti (PP), que discutia um projeto de lei nas dependências da Câmara.

Após o Achutti retomar a sua fala, o áudio prossegue: “Imagina calça, o cheiro que fica”. Confira abaixo o momento do vídeo, conforme registrada pela TV Câmara:

Alguns colegas reagiram a interrupção de Júnior com risadas, mas Achutti se irrita e gesticula para os colegas da Câmara. Nesse momento, o áudio da gravação é cortado. Quando a gravação retorna, é possível ouvir Achutti afirmando “Isso aqui está a casa da mãe Joana”.

Leia também:

Junior afirmou que o áudio não foi intencional e se referia ao seu filho. “Foi sem querer. Não era pra ter saído o som”, afirmou.

O vereador tem participado das sessões virtualmente após a confirmação de um caso de Covid-19 entre os vereadores.

Home office

No dia 16 de março as sessões presenciais na Câmara foram suspensas, ocorrendo através do regime de home office. Desde o dia 11 de maio, os vereadores voltaram a realizar sessões presenciais, e que quisesse, poderia continuar participando via home office.

O prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, testou positivo para a Covid-19, assim como o vereador David Fernandes, conhecido como “La Barrica”, cujo teste foi divulgado no último dia 16.

Política