Autor de atropelamento na Beira-Mar Norte será investigado por tentativa de homicídio

O motorista que atropelou quatro pessoas na avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis, na madrugada dessa quinta-feira (20), será investigado por tentativa de homicídio.

A linha de investigação foi confirmada à RICTV pela delegada Aline Hermes Zandonai, da 1ª Delegacia de Polícia da Capital, responsável pelo caso.

Atropelamento foi registrado na madrugada desta quinta-feira – Reprodução/RICTV

“O encaminhamento será feito provavelmente na segunda-feira. De qualquer forma, pela repercussão [do caso] já instaurei o inquérito policial e tentarei ouvir as vítimas na segunda-feira”, informou a delegada ao ND+.

Aline afirmou que irá solicitar a abertura de outro boletim de ocorrência, em que conste as quatro vítimas. Isso porque no BO registrado após o crime, aparecia apenas uma das pessoas atropeladas. Assim, o inquérito deve ser conduzido por quatro tentativas de homicídio.

Ainda de acordo com a delegada, por conta do ponto facultativo desta sexta-feira (21), os encaminhamentos devem ocorrer a partir desta segunda-feira (24).

O delegado Rodolfo Cabral, titular da 1ª DP, que recebeu o caso, já havia relatado que as evidências já apontavam para o crime de dolo.

Jehnny Palacios é uma das vítimas do atropelamento na Beira-Mar Norte – RICTV/Reprodução

Dono do carro identificado

A Polícia Civil informou que o dono do carro já foi identificado, mas não detalhou se é a mesma pessoa que dirigia o veículo, para não atrapalhar as investigações.

Segundo depoimento de uma das testemunhas, o caso começou quando dois homens assediaram duas amigas. Elas estavam acompanhadas e seus parceiros foram tirar satisfações.

Um dos homens, que seria o condutor, disse que voltaria. Antes, ele teria retirado a placa dianteira do carro, para evitar a identificação no momento do atropelamento. A dinâmica do crime, no entanto, será esclarecida após a instauração do inquérito.

Leia também:

Conforme entrevista de uma das vítimas à RICTV, Jehnny Palacios, de 26 anos, o carro entrou na contramão e fugiu em alta velocidade, sem prestar socorro. “Deu para ver que foi intencional e de propósito”, disse. Horas depois, o veículo foi encontrado no Morro do 25, no centro da cidade.

Mais conteúdo sobre

Polícia