Tensão em Garuva: bandidos mantêm dono de chácara e funcionários em cativeiro

Atualizado

O dono e dois funcionários de uma chácara foram rendidos e amordaçados durante um roubo, na manhã desta quinta-feira (8), em Garuva, no Norte do Estado. Três pessoas são suspeitas pelo crime e continuam foragidas.

Vítimas foram amarradas pelos assaltantes durante a ação – Thiago Bonin / RICTV

O crime aconteceu por volta das 6h30, em uma propriedade às margens da rodovia SC-417 e durou aproximadamente uma hora. Três homens chegaram na chácara e renderam um dos funcionário. Ele foi levado até a casa principal, onde outra pessoa foi tomada como refém.

Os suspeitos exigiram que os funcionários chamassem o dono da casa, que estava em um dos quartos. Ele foi rendido e questionado por um homem armado sobre um dinheiro proveniente da venda de um caminhão. O proprietário estranhou e respondeu que não houve essa transação.

Com a negativa, os criminosos então amarraram e amordaçaram as vítimas em um dos cômodos da casa. Um dos suspeitos, que estava armado, teria brincado de Roleta Russa na cabeça do dono da chácara. Além disso, ele jogou gasolina nas costas do proprietário, afirmando que atearia fogo no corpo dele, caso ele não informasse o paradeiro do dinheiro.

Após revirar a residência, os suspeitos levaram R$ 800 e fugiram em uma caminhonete, junto com alguns objetos eletrônicos recolhidos na ação.

Leia também:

A Polícia Militar foi acionada e encontrou as vítimas amordaçadas, que contaram o episódio. Equipes realizaram rondas no local, mas os suspeitos não foram encontrados.

O caso será investigado pela Polícia Civil, que abrirá um inquérito para descobrir a identidade dos homens suspeitos pelo crime.

Mais conteúdo sobre

Polícia