Banhistas são resgatados entre pedras nas piscinas naturais da Barra da Lagoa

Dois banhistas precisaram ser resgatados pela equipe do Helicóptero Arcanjo após ficarem presos entre duas fendas de pedras no costão da Barra da Lagoa que é conhecido como “piscinas naturais”, na manhã desta quarta-feira (5), em Florianópolis.

Turistas do Pará foram resgatados nas piscinas naturais da Barra da Lagoa - Arcanjo/ Divulgação/ ND
Turistas do Pará foram resgatados nas piscinas naturais da Barra da Lagoa – Arcanjo/ Divulgação/ ND

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a equipe foi acionada por volta das 9h30.  No local, um tripulante desembarcou quando a aeronave estava a baixa altura e, em parceira com um guarda-vidas, fez o resgate dos banhistas. Os dois homens residem no Pará e estão a passeio na cidade.  Ainda conforme os bombeiros, havia risco das vítimas serem arrastadas para o mar em caso de ondas grandes. 

Apesar das piscinas naturais serem bastante frequentadas por moradores e turistas, os bombeiros orietam aos banhistas para que não frequentem áreas de costão devido aos perigos de queda e arrastamentos pelo mar. 

Confira vídeo com o resgate:

Cidade