Bebê de nove meses morre com queimaduras e sinais de violência em Xanxerê 

Atualizado

Um bebê de nove meses morreu depois de dar entrada no Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê, no Oeste do Estado, com sinais de violência. O caso ocorreu na manhã desta sexta-feira (14), no bairro Jardim Tarumã.

Caso ocorreu na manhã desta sexta-feira – Foto: Divulgação/ND

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar, os socorristas foram acionados por volta das 7h30 com a informação de que a criança estaria afogada. Porém, no local eles constataram sinais de maus tratos. 

“Tinha alguns sinais que levantaram suspeita, como queimaduras nos pés, uma já cicatrizada,  outra mais recente e diversos hematomas pelo corpo. Nós também verificamos afundamento craniano, um possível TCE”, contou o cabo dos bombeiros, Felipe Corrêa.

Leia também:

A bebê foi socorrida e levada ao Hospital de Xanxerê para atendimento médico, mas devido a gravidade dos ferimentos morreu na unidade de saúde. 

“Nós fizemos os procedimentos de reanimação cardiopulmonar, pois ela estava com ausência dos sinais vitais. Fizemos os procedimentos até a chegada ao hospital”, diz Corrêa. 

A mãe da criança, que é menor de idade, acompanhou o socorro da filha, segundo os bombeiros. 

A Polícia Militar e a Polícia Civil registraram o caso. A reportagem não conseguiu contato com o delegado responsável pela investigação. 

Mais conteúdo sobre

Polícia