Blitz penaliza 16 motoristas por infrações em Florianópolis

Uma blitz penalizou 16 motoristas na madrugada desta sexta-feira (7) no bairro Ingleses, no Norte da Ilha. A ação foi realizada pela Guarda Municipal.

Segundo a prefeitura de Florianópolis, condutores foram penalizados por dirigirem alcoolizados, transportarem crianças sem cadeirinha e por receptação.

Esta madrugada a Guarda Municipal da Prefeitura de Florianópolis realizou blitz da Lei seca no norte da ilha, em Ingleses – Reprodução ND

Leia também

Balanço

Ao todo, 181 veículos foram abordados e os motoristas foram submetidos ao teste do bafômetro. Dos testes realizados, dois deram resultados positivos. Outros cinco condutores se recusaram a fazer o teste-infração.

Conforme lei, os condutores flagrados dirigindo veículo sob a influência do álcool são autuados com multa no valor de R$ 2.934,79.

Um condutor foi conduzido à delegacia por receptação – crime que consiste em adquirir, receber ou ocultar em proveito próprio ou alheio, coisa que se saiba ser produto de crime, ou influenciar outra pessoa para o ato.

Três condutores foram flagrados dirigindo veículo cujo licenciamento estava irregular. A prática possui infração no valor de R$ 293,37. Já outros três condutores foram penalizados por dirigir veículo sem possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação). A infração é no valor de R$ 880,4.

Dois motoristas ainda foram flagrados transportando crianças sem cadeirinha. A infração hoje ocasiona em multa no valor de R$ 293,37, sendo que o condutores flagrados são penalizados com infração gravíssima.

Entretanto a penalização para esta infração pode se tornar apenas advertência verbal. A mudança é uma das propostas em forma de projeto de lei feitas pelo presidente Jair Bolsonaro.

Mais conteúdo sobre

Trânsito