Boletim: Santa Catarina tem 106 casos confirmados de gripe

Atualizado

A Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) publicou novo boletim com dados sobre a gripe, cuja análise considerou o período de 1º de janeiro e 7 de junho de 2019. Foram confirmados 106 casos de gripe em Santa Catarina: sendo 86 pelo vírus A (H1N1), 17 pelo vírus A (H3N2), 2 aguardando subtipagem e 1 pelo vírus Influenza B.

Lançamento da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, durante cerimônia em Porto Alegre – Erasmo Salomao/Ministério da Saúde/ND

Os municípios que apresentaram casos confirmados foram: Chapecó com 16 casos; Blumenau com 12 casos; Joinville com 11 casos; Florianópolis com 9 casos; Brusque com 7 casos, Balneário Camboriú com 5 casos; São José com 4 casos; Itajaí, Jaraguá do Sul, e Tubarão com 3 casos cada; Pomerode com 2 casos; Araquari, Armazém, Balneário Barra do Sul, Biguaçu, Botuverá, Braço do Norte, Camboriú, Canoinhas, Concórdia, Criciúma, Cunha Porã, Dionísio Cerqueira, Flor do Sertão, Galvão, Itaiópolis, Jacinto Machado; Lages, Lauro Muller, Luiz Alves, Maravilha, Navegantes, Palhoça, Penha, São Bento do Sul, São Francisco do Sul, São João Batista, Tijucas, Timbó, Tunápolis e Turvo, com 1 caso cada; e 1 caso de paciente residente em São Paulo, mas que foi atendido em Santa Catarina.

No mesmo período, foram confirmadas 13 mortes, sendo 11 pelo subtipo A (H1N1) e 2 (15,4%) pelo subtipo A (H3N2). Os óbitos foram em pacientes residentes nos municípios de: Blumenau, Chapecó, Joinville e Tubarão com 2 casos cada; Balneário Camboriú, Brusque, Canoinhas, Jaraguá do Sul, e São Francisco do Sul, com 1 caso cada.

Dos 13 óbitos confirmados, todos apresentaram algum fator de risco para agravamento da doença, como: mais de 60 anos, doença cardiovascular crônica, diabetes mellitus, entre outros.

Cobertura vacinal de gripe (atualizada 10.06.2019)

  • crianças (6 meses a menores de 6 anos): 79,39
  • gestantes:71,75
  • trabalhadores da saúde:77,69
  • mães até 45 dias após o parto: 92,68
  • povos indígenas: 89,61
  • idosos com 60 anos ou mais de idade: 100,58
  • professores: 97,16
  • portadores doenças crônicas e condições especiais:75,38
  • população privada de liberdade: 70,61
  • funcionários do sistema prisional:59,55
  • profissionais das forças de segurança e salvamento:39,58
  • Cobertura total: 85,37%

Mais conteúdo sobre

Saúde