Bolsonaro anuncia André Luiz de Almeida Mendonça para chefiar AGU

O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou nesta quarta-feira (21) o nome do advogado André Luiz de Almeida Mendonça para a Advocacia-Geral da União (AGU). Na conta do Twitter, Bolsonaro se referiu ao novo ministro como “Mendonção” e o descreveu como sendo “advogado com ampla vivência e experiência no setor”.

Mendonça atuou em áreas de transparência e combate à corrupção em parceria com a Controladoria-Geral da União.

André Luiz de Almeida Mendonça foi o escolhido de Jair Bolsonaro para ser advogado-geral da União - PGU/Reprodução
André Luiz de Almeida Mendonça foi o escolhido de Jair Bolsonaro para ser advogado-geral da União – PGU/Reprodução

Com pós-graduação em Governança Global, Mendonça é advogado da União desde 2000 e foi procurador seccional da União em Londrina. Ele também coordenou a área disciplinar da Corregedoria da AGU.

Mendonça vai substituir a ministra Grace Mendonça, que é advogada da União desde 2001 e chefia a AGU desde setembro de 2016. Ela foi nomeada pelo presidente Michel Temer e foi a primeira mulher a assumir o comando da pasta.

Política

Bolsonaro anuncia André Luiz de Almeida Mendonça na AGU

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) anunciou nesta quarta-feira, 21, o nome de André Luiz de Almeida Mendonça para a Advocacia Geral da União (AGU).

“Informo a todos que a Advocacia Geral da União será liderada pelo senhor André Luiz de Almeida Mendonça, advogado com ampla vivência e experiência no setor”, escreveu o presidente em seu perfil no Twitter.

André Luiz de Almeida Mendonça é atualmente consultor jurídico da CGU, ministério chefiado por Wagner Rosário, que teve a sequência na pasta confirmada na terça-feira por Bolsonaro.

Mendonça já trabalhou na AGU, onde foi corregedor.

(Marcelo Osakabe e Breno Pires, São Paulo)

Jornalismo

Nenhum conteúdo encontrado