Bolsonaro responde a Luciano Huck com indireta sobre compra de jatinho

Atualizado

“Vou mostrar tudo que ele fez”. A frase partiu do presidente Jair Bolsonaro com endereço certo: Luciano Huck. Na última quarta-feira (14), o apresentador havia feito crítica aberta ao presidente, referindo-se a ele como “o último capítulo do que não deu certo”, conforme matéria do “Estadão”. A resposta de Bolsonaro seria uma referência à compra de um jatinho particular por parte de Huck, com financiamento do BNDES.

Presidente Jair Bolsonaro responde à crítica de apresentador Luciano Huck – Valter Campanato/Agência Brasil/ND

“Segunda-feira já tem a primeira parte da caixa-preta do BNDES, pessoal que comprou jatinho, pessoal que comprou jatinho. Só dois bilhões de reais. Todo o pessoal com jatinho, gente amiga do rei. Gente que tá dizendo por aí que, por exemplo, estamos no último capítulo do fracasso do Brasil. ‘Eu sou opção para 2022’. Pode até ser, mas a gente vai mostrar o que você fez.”, disse o presidente, nas redes sociais.

Leia também:

Governo lança a “Black Friday” da Independência

Na Live, Bolsonaro estava acompanhado do atua presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. “Juros de 3%. Tá bom ou não? Você quer emprestar pra mim, Pedro? Eu te mando embora, heim, Pedro? Quer emprestar a 3% para comprar jatinho, Pedro? Isso é irresponsabilidade. A gente vai mostrar. Imagine, você usou de seu nome, de sua fama no passado para comprar isso”, ressaltou o presidente.

A notícia da compra do avião foi divulgada em fevereiro do ano passado, no blog “Tijolaço”.

De acordo com o artigo, a Brisair Serviços Técnicos e Aeronáuticos Ltda., da qual Luciano e sua esposa, a também apresentadora Angélica, são sócios, fez um financiamento por meio do programa BNDES Finame. Com o dinheiro, compraram um jato de R$ 17,7 milhões a juros de 3% e 114 meses de amortização para o pagamento.

Política