Bolsonaro sanciona lei de deputada catarinense que inclui autistas no Censo de 2020

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, na tarde dessa quinta-feira (18), a Lei que incluiu no Censo do IBGE em 2020 informações específicas sobre pessoas com autismo.

Lei foi sancionada nessa quinta-feira (18) pelo presidente Jair Bolsonaro – Redes Sociais / Divulgação

Bolsonaro chegou a informar nas redes sociais que vetaria o projeto. Mas após uma reunião com o apresentador Marcos Mion e a primeira-dama Michelle Bolsonaro, o presidente voltou atrás na decisão.

A lei é de autoria da deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania-SC). Na manhã desta sexta-feira (19), ela esteve em Joinville para participar da inauguração de uma nova Unidade de Saúde da Família, no bairro Boehmerwald.

De acordo com a deputada, a decisão foi muito satisfatória, principalmente pela oportunidade de fortalecer as políticas públicas aos portadores do transtorno do espectro autista.

A estimativa é que mais de 2 milhões de brasileiros tenham o transtorno no país. Porém, não existe um número oficial, o que impede que leis e projetos sejam direcionados para esse público.

O que é o Transtorno do Espectro Autista?

O TEA resulta de uma desordem no desenvolvimento cerebral. Além do autismo, o transtorno também engloba a Síndrome de Asperger, e acarreta em modificações na capacidade de comunicação, na interação social e no comportamento. A estimativa é que mais de 70 milhões de pessoas no mundo tenham autismo.

Mais conteúdo sobre

Política