Bombeiros consideram aumento de casos de afogamentos normal e focam em prevenção

Atualizado

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, o aumento de 54% em 2019/2020 no número de atendimentos, em comparação ao dado do mesmo período na temporada 2018/2019, é natural.

Isso se deve, segundo o coronel Cesar Assumpção Nunes, ao fato de o número de turistas na atual temporada ser consideravelmente maior em relação a de um ano atrás.

Na terça-feira (21) a corporação divulgou o terceiro boletim semanal, com o relatório de atividades da Operação Verão 2019/2020. O BOA (Batalhão de Operação Aéreas), por meio das aeronaves Arcanjos, atendeu 54% mais ocorrências durante o período.

Corpo de Bombeiros registrou aumento considerável de atendimentos na atual temporada – Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

O coronel Cesar Assumpção Nunes também ressaltou que o aumento de atendimentos também pode ser um sinal positivo, já que apresenta uma atividade maior dos salva-vidas. Dessa forma, diz ele, representa também um maior número de situações solucionadas.

Leia também

Mais prevenção

O CBM-SC, afirma também estar trabalhando com foco em prevenção aos afogamentos.

Assim, a corporação realiza um estudo em relação ao aumento do período de monitoramento com guarda-vidas nas praias catarinenses.

Neste estudo, serão apontados os custos de operação e os riscos das praias. Além disso, os dados coletados durante a Operação Verão indicam as quantidades de atendimentos e a necessidade de prevenção.

As análises serão divididas em três características:

  • praias que possuem necessidade de atuação o ano inteiro;
  • praias que possuem necessidade de extensão do período de monitoramento – antecipação e finalização;
  • praias que possuem necessidade de monitoramento em épocas pontuais, como feriados, por exemplo.

Algumas praias catarinenses exigem atenção em períodos além da temporada, porém nenhuma medida será adotada imediatamente.

Mais conteúdo sobre

Notícias