Brasil monitora 132 casos suspeitos de Coronavírus, diz Ministério da Saúde

Atualizado

O Ministério da Saúde informou na tarde desta quinta-feira (27) que subiu para 132 o número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil. Além disso, Santa Catarina conta com oito sendo monitorados e outros quatro que já foram descartados. No total, 16 estados informaram o Ministério da Saúde sobre os casos incertos.

O primeiro caso da doença na América Latina foi divulgado na terça-feira (25) – Foto: Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Conforme o Governo Federal, o aumento do número da vigilância é por causa da inclusão de 15 países, além da China que também apresenta transmissão ativa do coronavírus.

Os países onde já houve registro são: Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Japão, Singapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã e Camboja, além da China.

Oito casos suspeitos em SC

Além dos oito casos suspeitos do novo coronavírus, outros quatro já foram descartados. No entanto, a DIVE/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina) não divulgou em que cidades estão estes casos que ainda são suspeitos.

Os critérios para a definição de caso suspeito enquadram agora, as pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar.

Leia também:

Além de monitorar 132 casos suspeitos de Coronavírus, até o momento já foram descartados 60 casos suspeitos de coronavírus já foram descartados em todo o Brasil. Até o fim da tarde desta quinta-feira (27), um caso havia sido confirmado em São Paulo.

Ranking nacional de casos suspeitos

  • 1º lugar – São Paulo  – 55
  • 2º lugar – Rio Grande do Sul – 24
  • 3º lugar – Rio de Janeiro – 09
  • 4º lugar – Santa Catarina – 08
  • 5º lugar – Distrito Federal, Minas Gerais e Ceará – 05 cada

Medidas preventivas

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como:

  • lavar as mãos com água e sabão,
  • utilizar lenço descartável para higiene nasal,
  • cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel ao espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo,
  • evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Todas as notificações de casos suspeitos no país foram recebidas, avaliadas e discutidas com especialistas do Ministério da Saúde, caso a caso, junto com as autoridades de saúde dos estados e municípios. Esses descartes aconteceram principalmente por causa do resultado positivo para outros vírus respiratórios.

Para manter a população informada a respeito do novo coronavírus, o Ministério da Saúde atualiza diariamente, os dados na Plataforma IVIS, com números de casos descartados e suspeitos, além das definições desses casos e eventuais mudanças que ocorrerem em relação a situação epidemiológica.

Mais conteúdo sobre

Saúde