Brasileira é morta com taco de beisebol em ilha do Havaí, diz jornal

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Uma brasileira foi morta nesta quinta-feira (7) dentro da casa onde trabalhava como faxineira na ilha de Oahu, no Havaí. Segundo informações do jornal local “Honolulu Star-Advertiser”, o corpo de Telma Boinville, 51, foi encontrado por volta das 15h pelos inquilinos do imóvel. Sua filha de oito anos estava amarrada no andar de cima.

O marido da vítima, Kevin Emery, afirmou ao jornal que a esposa foi sufocada e espancada com um taco de beisebol. Segundo ele, criminosos também levaram a bolsa e as chaves do carro da mulher.

A polícia, que investiga o caso, informou à publicação que um casal foi preso na noite de quinta sob suspeita de envolvimento na ação.

De acordo com o periódico, Telma também trabalhava como professora substituta em uma escola primária e ajudava crianças brasileiras a se adaptarem à língua inglesa.

A sogra da vítima, Kiki Emery, disse ao jornal que a nora era “o ser humano mais belo da costa norte”. “Ela era uma mãe muito, muito especial, com tanto amor, tanta felicidade, tanto carinho”, afirmou.

O campeão de surfe Kelly Slater publicou uma mensagem no Instagram alertando os moradores da região para o caso de encontrarem um veículo da marca Toyota Tacoma, que estaria conectado com o crime.

“Eu não conheço a vítima, mas ela é amiga de muitos de meus amigos. Isso é horrível”, disse o surfista na rede social.

O Itamaraty informou que o consulado brasileiro em Los Angeles e o cônsul honorário do Brasil em Honolulu entraram em contato com a família e já estão fornecendo a assistência necessária.

Mais conteúdo sobre

Geral

Brasileira é morta com taco de beisebol em ilha do Havaí, diz jornal

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Uma brasileira foi morta nesta quinta-feira (7) dentro da casa onde trabalhava como faxineira na ilha de Oahu, no Havaí. Segundo informações do jornal local “Honolulu Star-Advertiser”, o corpo de Telma Boinville, 51, foi encontrado por volta das 15h pelos inquilinos do imóvel. Sua filha de oito anos estava amarrada no andar de cima.

O marido da vítima, Kevin Emery, afirmou ao jornal que a esposa foi sufocada e espancada com um taco de beisebol. Segundo ele, criminosos também levaram a bolsa e as chaves do carro da mulher.

A polícia, que investiga o caso, informou à publicação que um casal foi preso na noite de quinta sob suspeita de envolvimento na ação.

De acordo com o periódico, Telma também trabalhava como professora substituta em uma escola primária e ajudava crianças brasileiras a se adaptarem à língua inglesa.

A sogra da vítima, Kiki Emery, disse ao jornal que a nora era “o ser humano mais belo da costa norte”. “Ela era uma mãe muito, muito especial, com tanto amor, tanta felicidade, tanto carinho”, afirmou.

O campeão de surfe Kelly Slater publicou uma mensagem no Instagram alertando os moradores da região para o caso de encontrarem um veículo da marca Toyota Tacoma, que estaria conectado com o crime.

“Eu não conheço a vítima, mas ela é amiga de muitos de meus amigos. Isso é horrível”, disse o surfista na rede social.

O Itamaraty informou que o consulado brasileiro em Los Angeles e o cônsul honorário do Brasil em Honolulu entraram em contato com a família e já estão fornecendo a assistência necessária.

Mais conteúdo sobre

Jornalismo

Nenhum conteúdo encontrado