Brasileiros retidos na Polônia conseguem retornar ao Brasil

Atualizado

Um grupo de brasileiros que enfrentava dificuldades para sair da Hungria foi embarcado na manhã desta segunda-feira (23) em um voo especial que virá ao Brasil para também resgatar cidadãos poloneses de volta ao seu país.

Giba está dentro do grupo que foi para a Polônia para resgatar brasileiros retidos no país europeu – Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Assim, a viagem foi articulada pela Embaixada Brasileira em Varsóvia e o governo da Polônia, depois das fronteiras da Europa serem fechadas para trânsito de estrangeiros por conta da pandemia de coronavírus.

Leia também:

Em vídeo, o grupo de brasileiros entçao agradeceu o empenho dos funcionários da embaixada brasileira e dizem se sentir aliviados com o retorno.

Assim, o ex-jogador da seleção brasileira de vôlei, Giba, também está neste grupo de brasileiros repatriados, junto com a sua família.

Itamaraty monitora situação de brasileiros

Desde que medidas mais restritas de circulação de pessoas foram impostas em todo o mundo, muitos brasileiros têm enfrentado dificuldades de retornar para casa. O Itamaraty afirma que está monitorando a situação em cada país e articulando o retorno com empresas aéreas e governos.

“Recomenda-se a todos os cidadãos brasileiros no exterior que mantenham a serenidade e observem estritamente as medidas determinadas pelas autoridades locais, e que, se necessário, busquem contato direto com o Consulado ou Embaixada do Brasil responsável pela região onde se encontram”, aconselharam.

Dessa forma, o Itamaraty ressaltou que nenhuma embaixada ou consulado brasileiro em nenhum país está fechado, mas pode estar funcionando em horários alternativos ou atendendo de forma remota, por telefone, Whatsapp ou e-mail.

Mundo