Caixa prevê R$ 250 milhões em negócios durante Salão do Imóvel na Grande Florianópolis

Durante três dias, quem planeja comprar imóveis terá uma valiosa oportunidade de fazer um bom negócio. De sexta-feira até domingo (22), o Grande Salão do Imóvel vai reunir mais de 30 construtoras, que oferecerão 8,5 mil unidades em empreendimentos localizados na Grande Florianópolis.

O evento será realizado no Centro Multiuso de São José e contará com profissionais para dar informações de como utilizar o FGTS para aquisição da casa própria e simular operações de financiamentos.

Entre as financiadoras está a Caixa Econômica Federal, também patrocinadora do evento.  A instituição anunciou redução em sua taxa de juros de 8,5% e 9,75% para até 2,95% ao ano, o que representa significativa diferença no valor final do imóvel e na prestação a pagar de cada novo contrato.

Salão do Imóvel terá 8,5 mil imóveis localizados na Grande Florianópolis – Flávio Tin/ND

O superintendente regional da Caixa em Florianópolis, Ricardo Bier Troglio, afirma que a expectativa é de que sejam gerados R$ 250 milhões de negócios durante os próximos meses a partir do evento.

“Esse evento vai ser o grande marco para o setor em Santa Catarina, especialmente aqui na região da Grande Florianópolis, onde as pessoas vão poder conhecer o que o mercado está fazendo de melhor, aproveitando as melhores condições de financiamento”, argumenta.

As 32 construtoras que participam do Grande Salão disponibilizam imóveis com até 20% de desconto nos três dias de evento. A aposta é de que a feira seja um marco para o mercado imobiliário da região.

“Estamos bem animados para o evento, e acreditamos que vamos atingir nossa meta de 45 unidades vendidas, gerando um VGV [valor geral de vendas] de R$ 6 milhões, e podendo ainda gerar um grande volume de negócios para os próximos meses”, destaca Gian Franco, da Construtora MRV.

“Hoje com a volta de recursos e disponibilidade do saque de FGTS, com a economia mais aquecida também, esperamos uma grande procura no feirão, fechando umas 20 vendas, o que significa algo em torno de uns R$ 3 milhões de VGV”, afirma Ruan R. da Silva Folster, da ALZ Construtora.

O Grande Salão do Imóvel será realizado no Centro Multiuso de São José, na sexta-feira, das 14h às 20h, e no sábado e domingo, das 10h às 20h. A entrada é gratuita.

Grande Salão do Imóvel será realizado na Arena do Centro Multiuso de São José – Divulgação/ND

Mercado em aquecimento

O Grande Salão do Imóvel ocorre em um momento de retomada do mercado da construção civil brasileiro, que nos último cinco anos esteve estagnado em função do quadro recessivo da economia do país.

“Nesse segundo semestre a demanda por imóveis está mais forte. Acreditamos que é a grande oportunidade para o comprador adquirir seu imóvel por preços mais baixos, já que a tendência é que o preço de venda valorize daqui para adiante”, explica Ricardo Bier Troglio, da Caixa.

Durante os três dias de evento, serão oferecidos apartamentos, casas, terrenos e imóveis comerciais pelas construtoras participantes.

Salão na sexta, 20

14h30 Ato oficial de abertura

15h Início da mostra do Grande Salão do Imóvel

16h Palestra Primavera de oportunidades em um Brasil de mudança

17h Palestra Educação e o futuro do trabalho

18h Workshop A criança e a família 2020: liberdade sim, regras sempre.

20h Encerramento da programação do dia

Economia