Câmara dos Deputados homenageia Acaert, em Brasília

Atualizado

A Câmara dos Deputados realizou, nesta quinta-feira (10), sessão solene em homenagem à Acaert (Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão). A proposição foi do deputado Darci de Matos (PSD).

Marcello Petrelli, presidente da ACAERT, discursou na sessão – Foto: Divulgação/ND

A sessão foi prestigiada pelos senadores Esperidião Amin (PP) e Jorginho Mello (PL), pelos deputados Rogério Mendonça Peninha (MDB), Carmen Zanotto (Cidadania), Carlos Chiodini (MDB), Coronel Armando (PSL), Rodrigo Coelho (PSB), Daniel Freitas (PSL), Darci de Matos (PSD) e Hélio Costa (PSL).

Também prestigiaram o evento o secretário de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Elifas Chaves do Amaral, presidente da Abratel, Márcio Novaes, vice-presidente da ABERT, Marise Westphal Hartke, presidente da Acaert, Marcello Corrêa Petrelli e os ex-presidentes da entidade, Roberto Amaral e Ranieri Moacir Bertoli.

O presidente da Acaert, Marcello Petrelli, começou o discurso agradecendo o deputado estadual Darci de Matos (PSD) pela proposição da Sessão Solene.

Segundo ele, a “transformação digital impôs uma nova realidade ao segmento, e também ao modo como todos se comunicam. Ao mesmo tempo que encurtou distâncias e aproximou pessoas, criou um ambiente sem moderação, com intolerância e com polarização de opiniões”, avaliou.

“Passamos a defender a mídia regional como um contraponto a esse ambiente digital irresponsável e sem moderação”, destacou.

Petrelli disse, ainda, que “os rumos dos nossos negócios estão na mesma velocidade em que o Brasil se transformou nos últimos anos. Durante esse processo, tivemos a sensibilidade de entender que aos veículos de comunicação não cabia mais a zona de conforto da omissão. Tivemos coragem para assumir posições, abraçar bandeiras, propor campanhas e liderar movimentos”.

O dirigente destacou o papel histórico da mídia regional nos eventos climáticos no Estado, como as enchentes em várias regiões.

Com este DNA, a Acaert promoveu a campanha “Jeito Catarinense – Jeito Certo de Fazer as Coisas”. Petrelli lembrou também as mobilizações institucionais, como o apoio do segmento à Reforma da Previdência.

Cobranças

Marcello Petrelli fez um apelo ao secretário de Radiodifusão do Governo Federal, Elifas Gurgel, e aos parlamentares presentes. Ele cobrou fiscais e agências reguladoras pela correta aplicação da lei das rádios comunitárias, cuja maioria atua na ilegalidade.

Petrelli destacou também que é preciso abrir o caixa-preta do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição).

Agradeceu aos parlamentares que votaram pela migração do AM para o FM, flexibilização da Voz do Brasil, e pela obrigação dos fabricantes de celulares habilitarem chips em seus aparelhos.

“Faço reconhecimento ao protagonismo que os legislativos estão retomando em todos os estados e aqui em Brasília. A mudança que o Brasil precisa deve passar obrigatoriamente pelo Congresso”, disse.

Parlamentares

O senador Esperidião Amin afirmou que a Acaert valoriza as causas, os temas e os anseios do povo de Santa Catarina.

Senador Esperidião Amin (PP) fala durante a sessão – Foto: YouTube/Reprodução

“Sugerimos que a entidade também tenha como bandeira a partilha do petróleo”, disse Amin.

O senador Jorginho Mello parabenizou a Acaert por ser um grande exemplo para o Brasil, mostrando a importância do rádio e da televisão. “São empresários arrojados e preocupados com a grandeza da Nação”.

Senador Jorginho Mello (PL) discursa durante a sessão – Foto: YouTube/Reprodução

Já o deputado Rogério Mendonça Peninha disse que a Acaert é referência para todo o país. “Os associados promovem uma comunicação diferenciada, propositiva. Evidentemente com a crítica necessária”. O parlamentar se colocou à disposição para encaminhar proposta para mudar o Ecad.

Para a deputada Carmen Zanotto, a Acaert leva a comunicação responsável para o público. “Muito mais do que isso, a entidade está pautando temas nacionais, promovendo o bom debate sobre o atual momento em que o Brasil vive”.

“A entidade está pautando temas nacionais”, afirmou a deputada Carmen Zanotto (Cidadania) – Foto: deputada carmem zanotto

O deputado Carlos Chiodini enfatizou que a credibilidade é marca da radiodifusão catarinense. “Em época de fake news, nada melhor que poder contar com empresas que investem e acreditam no Brasil, para o bem das pessoas”.

Deputado Carlos Chiodini (MDB) em sessão na Câmara – Foto: YouTube/Reprodução

Por sua vez, o deputado Coronel Armando afirmou que a Acaert exerce um papel fundamental para a divulgação das ações dos parlamentares: “Segmento que pensa nos interesses nacionais”.

Deputado Coronel Armando (PSL) durante a sessão – Foto: YouTube/Reprodução

O deputado Daniel Freitas destacou o protagonismo da associação. “A entidade divulga nosso trabalho com responsabilidade. Obrigado pela forma como vocês se comunicam com a sociedade”.

“A entidade divulga nosso trabalho com responsabilidade”, deputado Daniel Freitas (PSL) – Foto: YouTube/Reprodução

O rádio

De acordo com o secretário de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Elifas Chaves do Amaral, o rádio brasileiro é exemplo para mundo.

Elifas Chaves do Amaral, presidente da Abratel – Foto: YouTube/Reprodução

“Tem muita credibilidade e alcança todas as camadas da sociedade. O rádio faz parte de nossa vida”.

Finalizando a sessão, a vice-presidente da ABERT, Marise Westphal Hartke, disse que o sucesso da entidade é reflexo da confiança das emissoras associadas aos dirigentes da Acaert.

Marise Westphal Hartke discursa – Foto: YouTube/Reprodução

“Temos que estar unidos para garantir a defesa da liberdade de imprensa e de expressão. Exige vigilância de todos nós”.

Deputado Rodrigo Coelho prestigiou o evento em Brasília – Foto: Divulgação/ND

Deputado Darci de Matos também homenageou a Acaert – Foto: Divulgação/ND

Deputado Hélio Costa presente em homenagem à Acaert – Foto: Divulgação/ND

Notícias