Casamento entre pessoas do mesmo sexo cresce mais de 20% em Santa Catarina

Atualizado

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta quarta-feira (4) os números do Registro Civil no Brasil em 2018. Em Santa Catarina, apesar de o número total de casamentos ter sofrido uma queda de 3,8%, o número de casamento entre pessoas do mesmo sexo subiu 22,6%. Em 2017 foram registrados 349 casamentos homoafetivos no Estado, enquanto em 2018 o número foi de 429.

Santa Catarina registrou 429 casamentos homoafetivos em 2018 – Foto: Pixabay/ND

Santa Catarina seguiu a tendência registrada em todo o país. Enquanto o número total de casamentos caiu 1,6%, o número de casamentos entre pessoas do mesmo sexo cresceu 61,4%. O total registrado no Brasil saltou de 5.887 em 2017, para 9.520 em 2018. O número total de casamentos no país foi de 1.053.467.

Leia também:

Apesar do crescimento, o casamento entre homossexuais corresponde a somente 0,9% do total de uniões registradas no país.

O número do casamento entre mulheres foi bastante superior ao casamento entre homens. Casamentos entre homens representam 41,7% do total (3.958), enquanto entre mulheres 58,3% (5.562).

Além do crescimento da união homoafetiva, o estudo também indicou que as pessoas têm se casado mais tarde. Em números gerais, os homens se casam com uma média de 30,8 anos e as mulheres 28,2 anos. A média vem aumentando desde o ano de 2004.

Já entre pessoas do mesmo sexo, a média de idade é ainda mais alta. Os homens se casam em média com 34,3 anos e as mulheres com 32,7 anos.

Duração média do casamento do brasileiro

A média da duração do casamento do brasileiro é de apenas 14 anos. Em 2018 foram registrados 385 mil divórcios no Brasil.

O número de divórcios cresce desde de o ano de 2015 mas, o aumento mais significativo ocorreu em 2011, catalisado pela Emenda Constitucional 66/2010, que suprimiu o requisito de prévia separação judicial por mais de um ano ou de comprovada separação de fato por mais de dois anos.

O tempo médio entre a data do casamento e do divórcio constatado pela pesquisa foi de 14 anos, tempo que era de 17 anos uma década atrás, em 2008. Ao separar-se, os homens têm em média 43 anos, e as mulheres, 40.

Geral