Casan assina financiamento com a Caixa para ampliação da rede de esgoto no Estado

Florianópolis é uma das beneficiados com investimentos de R$ 1,4 bilhão, previstos para três anos

A Capital terá cobertura de saneamento básico aumentada de 55% para 75% de abrangência até 2015. A promessa da Casan (Companhia Catarinense de Águas de Saneamento) será viabilizada nesta segunda-feira (16), às 11h, com a assinatura de financiamento com a Caixa Econômica Federal. O contrato disponibiliza R$ 404 milhões para que a empresa amplie e implante redes de esgotamento sanitário em todo o Estado. Com o financiamento já firmado com a Jica (Agência Internacional de Cooperação do Japão), de R$ 404 milhões, a empresa prevê investimentos de R$ 350 milhões só em Florianópolis.

De acordo com Valter Gallina, diretor de operação e de meio ambiente da Casan, áreas do Continente, Norte, Sul e Leste da Ilha, que hoje não contam com rede de esgoto, vão ser beneficiadas. “Abraão, Capoeiras e parte do Canto da Lagoa da Conceição, que não têm esgoto, serão 100% atendidas. Também haverá investimentos em Canasvieiras, Jurerê e em praticamente todo o Sul da Ilha. Essas obras vão colocar Florianópolis no patamar de grandes capitais’, disse.

Os recursos destinados por meio da Caixa Econômica fazem parte da segunda etapa do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e são resultado de projetos da Casan que foram encaminhados e aprovados pelo Ministério das Cidades. Os municípios de Florianópolis, Criciúma, São José, Biguaçu, Rio do Sul e Concórdia serão atendidos com o investimento, que beneficiará 920 mil habitantes. A Casan vai entrar com uma contrapartida de R$ 19,2 milhões.

Para Santa Catarina, investimentos em água e esgoto realizados pela empresa devem totalizar R$ 1,4 bilhão nos próximos três anos. As obras serão possíveis, além dos contratos com a Caixa e a Jica, por meio de outro financiamento com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), da ordem de R$ 255,3 milhões, além de recursos próprios e via BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social).

FIQUE POR DENTRO

O quê: assinatura de financiamento com a Caixa Econômica Federal para investir em saneamento básico

Valor – R$ 404,7 milhões

Contrapartida da Casan – R$ 29,21 milhões

Quando: nesta segunda-feira, às 11h

Onde: auditório da Associação Catarinense de Medicina, na SC-401

Municípios beneficiados – Florianópolis, Criciúma, São José, Biguaçu, Rio do Sul e Concórdia

Previsão para investir em três anos – R$ 1,4 bilhão

Prazo – Obras devem ser feitas de 2012 a 2015

Área de atuação – 204 municípios do Estado

Objetivo – ampliar a cobertura de esgoto sanitário dos atuais 18% para 45% no Estado

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Notícias