Casan faz bom trabalho com a água, mas rede de esgoto decepciona, diz Cesar Júnior

Prefeitura multou a companhia em R$ 1,1 milhão por vazamento nos Ingleses

Após lacrar um extravasor da Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) localizado dentro de um poço de inspeção da rede de esgoto na rua Martinho de Haró, em Ingleses, nesta sexta-feira (22), a prefeitura de Florianópolis multou a companhia em R$ 1,1 milhão e ameaçou romper o contrato existente entre as partes para o fornecimento de água e esgoto, caso a empresa não tome medidas satisfatórias e efetivas “no sentido de interromper por completo qualquer lançamento de esgoto coletado na rede pluvial, praias ou rios”, disse o prefeito Cesar Souza Júnior.

Marco Santiago/ND

Multa foi motivada por falha no sistema de esgoto da Casan

A multa se originou da constatação de uma falha no sistema de esgoto da Casan, que fazia com que esgoto in natura que deveria ir para a EEE (Estação Elevatória de Esgoto) rio do Brás se misturasse à rede de drenagem pluvial do bairro e desaguasse no rio Ingleses, curso d’água que deságua no rio Capivari, e deste segue para o mar na praia de Ingleses. A Casan foi multada pelo dano causado ao meio ambiente. A Companhia tem 20 dias para recorrer. A vigilância sanitária de Florianópolis também multará a Casan por danos à saúde pública com o extravasamento na rede pluvial e em seguida no rio. O valor da multa ainda está em análise.

As medidas que o Município quer da Casan terão que ser respondidas no prazo de cinco dias, como determina a notificação para que a companhia apresente o que “fez” e o que “fará” para impedir extravasamento de esgoto em locais onde existam redes de esgoto, como é o caso da rua Martinho Haró, 100% conectada à rede e onde mesmo assim a Casan vinha extravasando esgoto em curso d’água. “Queremos saber como a Casan vai resolver a situação em locais onde há rede de esgoto e continua impróprio para banho, e com base nessa resposta, se ela não for satisfatória, nós vamos avaliar inclusive a possibilidade de rever o contrato que temos com a Casan”, afirmou Cesar.

Na terça-feira, a prefeitura recebeu as primeiras denúncias de moradores dando conta de extravasamento de esgoto no rio Ingleses. O prefeito informa que no dia seguinte se verificou “a gravidade da situação”, por não ser uma ligação individual, e sim “por conter diversas ligações” que deveriam ir para a EEE rio do Brás. “A Casan fez um bom trabalho em relação ao fornecimento de água, mas deixou muito a desejar em relação à rede de esgoto, estamos muito decepcionados. E suspeita-se que situações como a verificada hoje (sexta-feira) em Ingleses, estão se repetindo em outras regiões do bairro e do Norte da Ilha. As equipes seguirão investigando esses casos”, concluiu Cesar.

Esgoto irregular é lacrado na Cachoeira do Bom Jesus 

Também na sexta-feira, equipes da secretaria de Habitação e do Programa Se Liga na Rede lacraram uma saída irregular de esgoto em um hotel da Cachoeira do Bom Jesus, no Norte da Ilha. Localizado na avenida Luiz Boiteux Piazza, o estabelecimento esgoto de um chuveiro, um banheiro e um quiosque direto na praia. Outros 22 quartos estavam ligados corretamente à rede de esgoto.

O proprietário do imóvel foi autuado pela Vigilância Ambiental e será multado. A saída de esgoto que estava ligada diretamente à praia foi lacrada e a situação será monitorada para garantir que o proprietário corrija o problema.

Segundo o secretário de Habitação, Domingos Zancanaro, sempre que chega uma denúncia fica mais fácil identificar os imóveis em situação irregular e agir de forma pontual, e a colaboração dos moradores é fundamental para que isso seja possível.

“A rede de drenagem acaba levando todo o efluente, regular e irregular, para os cursos de água – no caso, o rio e o mar. As fossas com mau funcionamento podem contaminar o lençol freático, que aqui é bem alto. Isso gera um grande problema de contaminação de água e compromete a saúde pública”, explicou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...