Centros de convivência oferecem apoio pedagógico, social e cultural em Florianópolis

Atualizado

“Quando eu soube sobre o centro de convivência eu cheguei a chorar de emoção. Saber que posso deixar as crianças em um local onde eles serão bem cuidados, vão estudar, ter diferentes atividades e ainda as refeições é maravilhoso. Se não fosse por esse projeto não sei o que faria e, com certeza, não poderia continuar trabalhando o dia todo”.

O depoimento é de Ízis Marcanzoni de Araújo, que deixa todos os dias a filha Manuela, de 8 anos, e o enteado Jorge, 9, no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculo da Agronômica.

Centros de Convivência em Florianópolis – PMF/Divulgação/ND

O projeto, desenvolvido pela Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Assistência Social, oferece, por meio de seis centros como esse, oficinas de teatro, xadrez, capoeira, música e aulas de reforço no contraturno escolar. As oficinas são ministradas por professores especialistas na área e estimulam as crianças a terem contato com arte e cultura desde cedo.

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, destaca a importância da iniciativa. “Por meio destes Centros de Convivência e Fortalecimento de Vínculo, a prefeitura dá continuidade ao processo de aprendizagem destas crianças após ou antes do horário das aulas. Possibilitamos ainda, desta forma, que os pais e mães dos alunos possam trabalhar ou ter outras atividades neste período”, afirma.

Em cada espaço, são realizadas atividades que promovem a proteção social das crianças e famílias, como refeições, aulas de reforço, hortas, aulas de releitura de obras, produção de slime, aulas de culinária, palestras, entre outras.

Segundo a prefeitura, os centros de convivência estão inseridos em regiões estratégicas, onde as crianças possam estar em situações de vulnerabilidade social. Além das atividades pedagógicas, sociais e culturais, são oferecidas ainda refeições e acompanhamento socioassistencial para as famílias das crianças atendidas.

Interação com os amigos e autoestima

George, que estuda a terceira série na rede de ensino de Florianópolis e frequenta o Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculo da Agronômica, diz que está muito feliz com a interação com os amigos. “É muito legal vir aqui, a gente brinca bastante, se diverte, tem apoio pedagógico, capoeira, eu adoro isso. Também é muito bom porque a maioria dos meus colegas de sala está aqui”, conta.

Vanessa Alves Hilano tem um filho de 11 anos que frequenta os centros de convivência da Capital desde os 6 e ressalta a necessidade desse suporte fornecido para as crianças.

“Eu fico muito tranquila em saber que deixo meu filho lá no centro e ele terá toda a assistência que precisa para o aprendizado e sua formação como cidadão. Mesmo se ele pudesse ficar em casa, estaria jogando videogame ou vendo televisão, ali está aprendendo, brincando, interagindo. Se não fosse por esse projeto, eu não conseguiria estar no meu trabalho hoje”, explica.

Maiara, de 10 anos, reforça a relevância do apoio recebido no local. “Sempre tenho ajuda dos professores daqui. Isso é muito bom para me ajudar nos estudos e depois eu continuo estudando em casa com a minha mãe”, conta a estudante, que frequenta o centro de convivência da Agronômica.

No mesmo espaço, Luana e Manuela ensaiam juntas para um coral. “A gente já cantou ‘Um pedacinho de terra’, ‘Semente da Manhã’, várias musicas. Dá um pouquinho de vergonha no começo, mas depois é muito legal quando conseguimos cantar”, contam.

Xadrez e competição

Uma das oficinas que ganhou popularidade no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Jardim Atlântico é a de xadrez.  Após aprender como jogar e treinar também como competir, 20 crianças que frequentam o espaço vão participar do Circuito de Xadrez Escolar de Florianópolis, que será realizado no Sesc (Serviço Social do Comércio) da Prainha, no próximo dia 24.

De acordo com o professor Paulo Victor Panazzolo, o xadrez também ajuda as crianças a resgatarem a autoestima. Com apenas 8 anos, Melany sabe bem encarar os seus adversários. “Apesar de ser difícil é muito divertido. A parte que eu mais gosto é de ganhar, claro, mas é muito divertido jogar com o professor e com os meus amigos”, relata.

Educação no trânsito

A partir deste mês, os pequenos que frequentam os Centros de Convivência da Prefeitura de Florianópolis também receberão orientações e noções de educação no trânsito por meio do projeto Transitolândia. Os primeiros Centros de Convivência a receberem as atividades são as unidades dos bairros Jardim Atlântico e Monte Cristo nesta sexta-feira (2).

Durante duas horas, os agentes da Guarda Municipal de Florianópolis utilizarão fantoches para ensinar a criançada sobre o tema na sede do Jardim Atlântico. A ação é realizada pela Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Assistência Social e Guarda Municipal de Florianópolis, em parceria com o Serviço Social de Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte.

“É muito importante que nossas crianças aprendam hoje sobre as leis de trânsito e respeito ao próximo. Tenho certeza que ações, que são feitas de forma lúdica e divertida, farão com que eles sejam motoristas e cidadãos ainda melhores, não deixando de lado o trabalho socioassistencial que oferecemos em nossos Centros de Convivência: ensino, educação e diversão,” comenta a secretária de assistência social Maria Cláudia Goulart da Silva.

Conheça os centros de convivência: 

  • Para inscrever a criança em um dos centros da cidade, os pais ou responsáveis devem comparecer até o Cras (Centro de Referência de Assistência Social) que atende a sua região de residência e buscar mais informações.

CCFV da Agronômica

Capoeira
Rua Rui Barbosa, 677, Agronômica
(48) 3216.5215 ou ccfvagronomica.pmf@gmail.com

CCFV do Itacorubi

Teatro
Rod. Amaro Antônio Vieira, 2260,Itacorubi
(48) 3233.6842 ou ccfvitacorubi.pmf@gmail.com

CCFV da Tapera

Teatro e Capoeira
Rua José Olímpio da Silva, s/n, Tapera
(48) 3337.0368 ou ccfvtapera.pmf@gmail.com

CCFV do Jardim Atlântico

Teatro e Xadrez
Av. Atlântica, 899, Jardim Atlântico;
(48) 3240.5202 ou ccfvjdatlantico.pmf@gmail.com

CCFV do Monte Cristo

Teatro
Rua Joaquim Nabuco, 2850, Monte Cristo
(48) 3240.8807 ou ccfvchicomendes.pmf@gmail.com

CCFV da Costeira

Convênio com a Secretaria de Educação para aulas de reforço e diversas oficinas temáticas.
Av. Jorge Lacerda, 1472, Costeira
(48) 3226.7631 ou ccfvcosteira.pmf@gmail.comCentros de Convivência da Prefeitura de Florianópolis vão receber projeto de educação no trânsito

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$1.000,00 reais neste portal.

Prefeitura de Florianópolis