Chuvas deixam 199 pessoas desabrigadas e 494 desalojadas em SC

Atualizado

As chuvas fortes que persistiram nos últimos três dias em Santa Catarina afetaram 65 cidades, conforme balanço divulgado pela Defesa Civil na tarde deste sábado (1º). Ao todo, 199 pessoas ficaram desabrigadas e 494 desalojadas e outras 12 mil foram afetadas.

Foram registradas chuvas intensas, tempestades, alagamentos, enxurradas, granizo, deslizamentos, inundações e até uma microexplosão, no Extremo-Oeste.

Leia também

Rio do Sul foi uma das cidades afetadas pelas chuvas – Drone Araucania/Divulgação

A chuva perdeu intensidade neste sábado e se afasta para o oceano no decorrer do dia. Segundo a Defesa Civil, que segue monitorando a situação em todo estado, ainda há a possibilidade de chuva fraca a moderada para as regiões do Litoral Sul, Litoral Norte e Planalto Norte e na divisa com Planalto Sul durante o fim de semana.

O município de Luzerna chegou a ficar sem energia elétrica durante a sexta-feira (31) por conta de queda no sistema, que foi restabelecido no fim da noite. Um deslizamento destruiu uma borracharia e causou um acidente entre uma carreta e um veículo próximo ao posto Portal, na SC-453 e o trânsito foi interrompido nas três pistas da rodovia. Agentes da Celesc, Corpo de Bombeiros, Deinfra, Defesa Civil e da Polícia Militar trabalharam no local para liberar a via e restabelecer a energia.

Níveis dos rios

O nível dos rios começou a baixar em Rio do Sul nas barragens Oeste e Sul, todas estão operando dentro da normalidade. Em Rio do Sul, as comportas serão abertas para esvaziamento do reservatório quando o nível baixar para 4,5 m, o que está previsto para domingo.

Conforme boletim divulgado às 16h deste sábado (1), no Planalto Norte, ainda estão em cota de emergência Rio Negrinho, Três Barras, Mafra e Campo Alegre. Em Rio Negrinho, o nível começou a baixar. Em Três Barras, o pico da onda de cheia está previsto para ser próximo a meia noite. Em Mafra, o Rio Negro continua subindo, mas tendendo à estabilização durante a madrugada de domingo.

No Vale do Itajaí, seguem em estado de atenção Rio do Sul, Taió, José Boiteux, Apiúna, Timbó Novo e Blumenau. Mas todos estão baixando.

No Planalto Sul, o rio Bonito em Bocaina do Sul está em alerta e em tendência de subida.

Tempo estável a partir de terça-feira

Novas áreas de instabilidade voltam a ganhar força no estado e trazem chuva moderada na segunda-feira (3) no Planalto Sul, Litoral Sul, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis, Planalto Norte, em especial no Litoral Norte.

A partir de terça-feira (4), o tempo firme deve voltar a predominar no estado e as temperaturas permanecem amenas.

Mais conteúdo sobre

Geral