Cid Gomes recebe alta e deixa hospital; projéteis continuam alojados no senador

Atualizado

O senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) recebeu alta do Hospital Monte Klinikum e já está em casa em Fortaleza. É lá que ele continuará em reabilitação após ter sido baleado na quarta-feira (19).

O político foi alvo de tiros ao tentar romper com uma retroescavadeira o bloqueio de policiais amotinados num batalhão em Sobral. Em casa, Cid fará fisioterapia respiratória e tomará antibióticos para restabelecimento da função pulmonar.

Senador Cid Gomes foi alvo de tiros ao tentar romper bloqueio de policiais amotinados em batalhão, em Sobral – Foto: Reprodução/Redes Sociais/ND

No sábado (22), ele se submeteu a um exame de raio-x que confirmou a existência de dois projéteis alojados, um ao lado da costela e outro no pulmão esquerdo, e de um fragmento de projétil.

Leia também

A assessoria do senador informou que, por decisão médica, não serão realizados procedimentos para a retirada desses projéteis.

Tensão

A tensão envolvendo o governo cearense e policiais militares e bombeiros começou por uma demanda de reajuste salarial em dezembro. Quatro batalhões da PM foram atacados, segundo o governador do Estado, Camilo Santana (PT), aliado político de Cid.

As ações foram feitas por pessoas encapuzadas, mas o governo suspeita de que os responsáveis sejam policiais. Por isso, Santana solicitou o apoio de tropas federais para reforçar a segurança.

Mais conteúdo sobre

Política