Cidades catarinenses participam de dia de mobilização nacional contra o Aedes aegypti

Florianópolis está entre os municípios que receberam a ação

Mais de 350 cidades recebem no próximo sábado (13) o Dia de Mobilização Nacional contra o Mosquito Aedes Aegypti. Cerca de 220 mil militares farão visitas às casas para orientar à população sobre os perigos e formas de combate do mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e Zika vírus.Segundo o governo federal, do total de municípios, cerca de 115 concentram grande quantidade de casos de microcefalia, que podem ser causados pelo vírus Zika.

Divulgação/ DIVE SC

O município de Pinhalzinho é um dos que concentra maior número de casos.

Em Santa Catarina, os municípios de Florianópolis, Urubici, Tubarão, Criciúma, Três Barras, São Miguel do Oeste, São Francisco do Sul, Laguna, Lages, Itajaí, Joinville, Blumenau e Porto União são alguns dos que irão receber a ação. De acordo com medida provisória, agentes de saúde podem entrar à força em imóveis públicos ou particulares abandonados ou onde o dono não for localizado. A norma diz ainda que os agentes podem pedir apoio da polícia quando for necessário.

Conforme o último boletim epidemiológico emitido na semana passada, 828 casos de dengue notificados estavam em investigação, aguardando resultado laboratorial. Os locais prováveis de infecção e a data dos primeiros sintomas devem ser divulgados no próximo boletim. O município de Pinhalzinho é um dos que concentra maior número de casos. Em função dos altos números, a cidade recebeu, entre os dias 11 e 15 de janeiro, um ciclo de borrifação com UBV.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...