Ciclistas do Oeste de SC vão percorrer 800 km até a Capital

Atualizado

Sete ciclistas vão pedalar 800 km de Paraíso até Florianópolis. A maratona começou na noite de segunda-feira (4). Outras duas pessoas vão embarcar no caminho rumo à Capital: uma em Chapecó e outra em Lages.

Grupo pretende peladas 130 km por dia – Foto: Beto Fiorini/Arquivo pessoal/ND

A jornada iniciou na ponte internacional Peperi Guaçu, que faz divisa entre a cidade de Paraíso/SC e San Pedro, na Argentina.  Eles vão percorrer o estado de Oeste à Leste. 

O grupo, que terá uma equipe de apoio, vai passar pela Serra do Corvo Branco, em Grão Pará, na Região Sul do Estado. Eles pretendem chegar na quarta-feira, dia 13 de novembro na cabeceira da ponte Hercílio Luz, na Capital.

Um dos participantes é Beto Fiorini, de 59 anos, que faz parte do Clube do Pedal SMO. Ele explica que a ideia do pedal começou com um amigo que ia sozinho até Jaraguá do Sul/SC. “Ele divulgou e a história foi criando corpo, aí juntamos sete pessoas”, disse o ciclista. 

As nove pessoas pretendem pedalar 130 km por dia, com início às 4h da madrugada e fim às 11h da manhã. “Aí dormimos, descansamos e no dia seguinte voltamos a pedalar neste mesmo horário”, completou Fiorini. 

Equipe planeja chegar na Capital no dia 13 de novembro – Foto: Beto Fiorini/Arquivo pessoal/ND

Preparação 

A atleta afirma que a preparação física começou a cerca de dois meses, com pedais mais longos. “Estamos treinando para ter mais resistência e ver como nosso organismo vai se comportar”, lembra Fiorini. 

“Domingo dormi muito pouco, por causa da adrenalina. Está todo mundo ansioso. Nas rodas de conversa o assunto é somente o pedal. A expectativa é grande”, analisou o atleta. 

Corrida